Chat Feminino
Música

Para Curtir: Lana Del Rey

Na última semana, foi divulgado o novo clipe da Lana Del Rey, “Blue Jeans”. Eu estava relutando em escrever sobre ela aqui, devido a grande polêmica que a ronda, mas, depois de ver aquela fotografia fantástica, resolvi criar coragem (rs).

Quem me conhece sabe como sou cismada com música pop. Eu até brinco que meu limite são de 7 músicas seguidas… Nem a Adele conseguiu amolecer meu coraçãozinho (e eu sei  e admito que ela é muito, muito  talentosa). Na verdade, eu não gosto muito do “mais do mesmo”. Questão de gosto né?

Pelos meus posts, devem ter percebido também que gosto de vozes meio exóticas e foi isso que me chamou atenção na Lana de início. Meu gosto por melodias mais bucólicas também me levou na direção dela. Antes do CD lançado, vi alguns vídeos de suas apresentações e até gostei,  acho que por tê-los visto, não fiquei tão chocada com a apresentação dela no SNL, porque eu já conhecia a voz dela e sei como o nervosismo pode agarrar a gente, algumas vezes. Mas me recuso em ser ativista do ‘´team Lana’, assim como procuro não discutir com os que são do ‘´team odeio a Lana’.

Minha análise é a seguinte: o estilo dela é diferente das outras cantoras pop. Seu tom de voz  é baixo, grave. Ouço suas melodias e parece que sou levada para um cenário “noir”. É lento, arrastado, sinuoso, meio misterioso. A própria aparência dela leva a isso. E meio diferente da onda Pin-Up de cabelos coloridos e roupas extravagantes, com vozes fortes, gritadas (não necessariamente estou dizendo ‘´desafinadas’) e agudas, com milhares de “feat” e com cara de pista de dança que tomou de conta do cenário musical atual.

 

Já vi críticas de que o CD dela não é homogênio. Sinceramente, se fosse, cansaria. Não só dela, mas de qualquer artista que não ousa um pouco. Já li também que ela é “fabricada” , mas vamos pensar um pouco, quem não é? Música,hoje, é mercadoria e deva agradar o público, tem  que ser vendida. Sim, ela é fabricada, assim como todos os artistas pop. Também vi, inclusive, acusações fervorosas de que a voz dela era modificada e isso vindo de fãs ardorosos da Britney e da Katy Perry!   Agora, sendo honesta, que era bem engraçado ver as primeiras apresentações dela, ah isso era. Toda sem jeito no palco, meio tímida (e sim, isso também pode ter sido fabricado – porque eu adoro uma teoria da conspiração)

Não é questão de defesa ou de denúncia, mas sim de saber fazer uma crítica contextualizada e bem fundamentada. Vim falar da Lana e no fim o que eu fiz aqui foi uma análise do pop e de como os fãs reagem a ele (rsrs)

Eu gostei do CD e também do clipe de “Blue Jeans”, que, obviamente é um prologo ou adendo ao de “Born to Die”. Adorei a fotografia e a metáfora de “nadar” com o perigo.  Segue abaixo o vídeo:

E então, não se acanhem! Queremos saber a opinião de vocês!

Beijos e até a próxima!

PS: Ah, e só para esclarecer. Eu gosto de pop,  só não gosto tanto assim. Mas, vamos combinar que se acabar na pista batendo cabelo é bom de vez em quando .

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply