Chat Feminino
Comportamento

Onde está a amizade feminina?

Meninas!

Semana de provas, trabalhos, pesquisas e mais um moooonte de coisa pra vossa querida amiga Anne aqui que vos fala escreve. Porém numa dessas minhas idas e vindas de pesquisas, encontrei um post muuuuito legal, inclusive sobre um assunto que eu queria tratar mas não sabia como iniciar. Bem, ai está nossa amiga  Vivi e seu super post:

“Ultimamente estou confirmando o que há alguns anos eu já desconfiava sobre o universo feminino. Não falarei sobre moda, nem maquiagem, e nem de como as mulheres podem conquistar (de novo?) seus direitos. Esses são assuntos para outros posts”¦ O que vou falar é sobre a convivência entre a maioria (ou seja, não todas) as mulheres.

A amizade entre mulheres é difícil. Não vou dizer que não tenho amigas. E essas amigas, que eu digo, não é daquelas que idealizamos contar em todos os momentos, inclusive ligar a qualquer hora – mesmo quando você quer ter privacidade com o seu namorado, e isso eu não quero. O que quero dizer é que é difícil uma mulher manter uma amizade legal, sem defeitos que prejudiquem a confiança que toda amizade deve ter, com outra mulher mesmo com vidas diferentes, cabeças diferentes, com toda sinceridade do mundo e sem frescuras.

Não é como a maioria (ou seja, não todos) os homens, que costumam manter amizades de infância, sem ser abalada pela distância, mudanças, namoro, casamento”¦ etc. Por que isso? Vou tentar entender e fazer você pensar através de alguns tópicos abaixo.

O que pode-se encontrar na amizade – ou na falta dela – entre (a maioria) as mulheres, e na amizade entre (a maioria) os homens não:

Inveja. Não existe inveja entre os homens que chega a prejudicar uma amizade”¦ Diferente com as mulheres, que é só ganhar um cargo elevado, ou conseguirem algo muito bom, por exemplo, que as pseudo-amigas já ficam com inveja. E digo mais: é incurável.

Já vi acontecendo isso diversas vezes: uma conta toda feliz que conseguiu algo e a outra torcer o nariz falando “que legal” ou apenas ficar em silêncio.
Algumas pessoas já me perguntaram: “Ué, você não sente inveja também?”. Pois eu digo que não! O que eu posso sentir é admiração. Fico feliz pela pessoa ter conseguido aquilo e desejo algo bom daquele jeito pra mim também – sem ter que passar a perna nela.

Vaidade. É algo que quase toda mulher têm, inclusive eu. Mas quando é excessiva incomoda, acredite. Vou citar algo muito comum neste tópico: disputa em ser mais bonita. E às vezes pode até ser inveja.

Se uma tá pesando 60 quilos, a outra tem que pesar 55 quilos – mesmo se ficar desproporcional. Se uma vai a tal lugar com uma blusinha decotada, a outra vai com blusinha decotada e uma saia curtíssima. Se uma compra um vestido lindo, a outra tem que comprar um vestido espetacular. E esta última situação se encaixa no que aconteceu esses dias”¦ Tive que ouvir: “vou com um vestido que vai me destacar entre as outras no salão! Minha mãe que vá com vestido que nem o seu” – algo do tipo. Sendo que “entre as outras” me incluía também.

Frescura. É algo que não suporto e não achei palavra melhor que encaixasse no que definirei. Frescura é quando você quer falar um palavrão de tão feliz ou de tão put* da vida que você ficou, mas quando fala é taxada de “menino”. Quando você tá afim de falar sobre sexo, as coisas mais pervertidas, e ouve um “credo”, ou não ouve nada e percebe que a outra pensou (ou vai contar para alguém) “que vadia”. Se soltar um pum então”¦ Vixi! É o fim do mundo pra frescurenta! E nem ouse quebrar a unha dela, hein?

Falsidade. “Amiga”, “querida”, e adjetivos afins se encaixam nisso quando você mal conhece a bendita – tome cuidado. Na maioria das vezes o que ela quer dizer é “me conte tudo sobre você que vou me aproveitar de alguma forma pra tirar proveito de alguma situação”. E quando a pessoa é falsa, dificilmente tem cura”¦ Então, quando encontrar, corra!

Essa é aquela que você se desabafa num momento desesperado, ela te ouve e pode até aconselhar. Mas em breve descobre que meio mundo tá sabendo – e com a história totalmente distorcida para beneficiar ela. Aconteceu comigo inúmeras vezes. Ou quando a pessoa te distribui sorrisos, e na verdade te odeia.

Falta de personalidade. Ou conhecido também como “puxa-saco”, ou no caso, “puxa-xana” (trocadilho que se a amiga “frescura” entender, vai me achar um ‘´menino’). Isso normalmente acontece quando é um grupo de ‘´amigas’. É claro que num grupo de amigas da onça sempre há uma líder, aquela que a maioria do grupo admira e a que sempre pisa na sua cabeça pra se sair bem. Ou seja, as outras maria-vai-com-a-outra também vai pisar!

Se você faz parte desse grupo e não é puxa-saco da líder, cuidado. Não ouse conflitar com ela, mesmo tendo razão, senão vai receber pisada de todas – mesmo aquelas que em vários momentos disseram ser suas amigas e que te entendiam perfeitamente. Experiência própria.

Esses são os principais motivos que as mulheres conflitam sem parar – até entre as amigas “inveja”, “vaidade”, “frescura”, “falsidade”, e “falta de personalidade”. São amizades que não são duradouras e, se não se torna o contrário do que realmente é, tende a ser acabada pelo o que foi definido.
Agora, me perguntam porque sou mulher e estou falando mal [da maioria] das mulheres. Argumento: por acaso você vê com freqüência na amizade entre homens as características que citei, com tanta freqüência quanto vê acontecer com mulheres?

Ao pensar assim penso como é bom ter poucas, e ótimas, amigas. Sem inveja, vaidade, frescura”¦”¦. Existe, ainda bem!”


Post original de Vivi, que conseguiu finalizar seu TCC recentemente e tem um blog muito legal.
Autorizado e linkado.

Quer seu post aqui? Envie para o email [email protected] que poderemos publicá-lo aqui no CF com todos os créditos e link para seu blog.

You Might Also Like...

15 Comments

  • Reply
    Thais
    3 de dezembro de 2008 at 3:50 pm

    Ai, é difícil mesmo, concordo… e uma coisa que torna a amizade mais difícil é falta de tempo. Por exemplo, uma grande amiga minha tem namorado e eu, também. A gente se adora, mas e o tempo? É difícil a gente se ver. Aí eu não ligo, ela também não liga… e a amizade não acaba, pq quando nos vemos, continuamos super amigas. Nada a ver com o post, na verdade, hahahaha…. mas tenho pseudo -amigas tbm, essas que te chamam de querida e na verdade não estão nem aí. É foda :/

    Bjs!

    • Reply
      raquel
      30 de junho de 2010 at 5:24 pm

      eu concordo com vç e dificil demais

  • Reply
    Paulinha
    3 de dezembro de 2008 at 7:04 pm

    Falou tudo!! Pura verdade! já passei por coisas assim..
    antigamente eu tinha muitas amigas..alias pseudo-amigas…hoje em dia tenho bem poucas mas verdadeiras .. o melhor é qualidade e nao quantidade!
    pseudo amigas eu to fora! detesto!

    Como a Vivi falou ne..ainda bem que existem ótimas amigas! Presente de Deus mesmo!
    Bjão!!

  • Reply
    Aninha
    3 de dezembro de 2008 at 8:02 pm

    Concordo com tudo isso! Infelizmente, tá difícil de achar amigas de verdade hoje em dia… Já passei muito por isso, mas de tanto tombo, aprendi a lição.
    Não tenho muitas amigas, mas as que tenho, me bastam. Nunca pensei que pudesse existir amizade como as que tenho fora dos seriados americanos: posso ligar pra elas a hora que eu quiser, posso contar tudo, sem medo que elas me repreendam.
    Eu acho que o segredo da amizade está em saber aceitar a amiga como se é e valorizar em si mesma seus pontos fortes. ;)
    Beijão!

  • Reply
    3 de dezembro de 2008 at 8:53 pm

    aiii eu também concordo! Hoje eu posso dizer que a maioria dos meu amigos são homens. É complicado mesmo amizades entre mulheres..as poucas que tenho procuro preservar com carinho ;)

    Adorei o post!

    Beijão.

  • Reply
    Viviam
    3 de dezembro de 2008 at 10:28 pm

    É um prazer ter meu post aqui! E que bom que gostaram… :D

    Eu tbm sempre quis escrever, e neste dia criei coragem e acho que consegui me expressar bem! Se eu escrever pra uma revista feminina, vocês lêem? hahahaha

    Bjão Anne e leitoras do CF! =*

  • Reply
    Anne
    4 de dezembro de 2008 at 1:15 am

    Amei poder colocar seu post aqui Vivi, ele é impossivel de não se concordar.
    Nos grupos que eu trabalho sempre tem só homens e eu a unica mulher, nas demais turmas também. E isso desde novinha. Só aqui no CF que é a “muiezada” que domina e predomina!Mas de resto eempre fico com uma melhor amiga e o resto todos amigos, dá até vergonha aqui em casa qdo entra aquele mooonte de amigo e uma ou outra amiga HAHA!

  • Reply
    Amanda
    4 de dezembro de 2008 at 3:24 pm

    Adorei seu post. O que tem dessas pseudo-amigas, não é brincadeira. Já me ferrei muito com essas ”amizades”. Eu também era muito bobinha, e dava muito mole contando tudo da minha vida pra qualquer um, achando que tal pessoa gostava de mim de verdade. Com o tempo a gente vai amadurecendo e aprendendo. Eu acabei virando uma pessoa mais fechada com o tempo, e acho que tudo da minha vida mesmo que eu conto, é pra minha mãe e só. Eu tenho um grupinho de amigas desde o colégio. Mas não é tudo q conto não e nem pra todas, rs. Sou muito pé atrás. :P

    • Reply
      raquel
      30 de junho de 2010 at 5:27 pm

      gostei muinto de vç .vç s moran aondfe

  • Reply
    raquel
    30 de junho de 2010 at 5:26 pm

    como que eu faço pra entrar em contato com vçs

  • Reply
    raquel
    30 de junho de 2010 at 5:32 pm

    ei meninas esse chat feminino é muinto maximo .ADOREI CONHECER VÇS BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSS PARA MINHAS NOVAS AMIGAS

  • Reply
    raquel
    2 de julho de 2010 at 11:36 am

    ei meninaseuvoufalar o imaildo meu orkt. Aivoçes me procure falando que são do site ;[email protected]

  • Reply
    raquel
    2 de julho de 2010 at 11:40 am

    gostei dos posts de vç queria ter um tambem

  • Reply
    Moça
    22 de fevereiro de 2011 at 11:11 pm

    Estou passando por isso atualmente. Umas bobocas, puxa-saco-de-chefe se juntam né, daí na hora do almoço por exemplo, tão lá, elas falando um monte de bobagens, dai se eu chego e falo uma brincadeira de boa…NUUUUUUUSSSSSSAAAAAAAAAA!!!MEUS DEUS MENINA, VC ESTÁ LOUCA!!! NOSSA, SE É LESADA HEIN FILHA!!! SE LIGA NAS BURRADA Q SE FALA MIGAAAaa!! Bem assim, essas… só tem força juntas….Eu conheci meninas na escola, amigas de infancia que depois dos 16 anos nunca mais se falaram viraram arK inimigas, adivinha pq??divinha??!!P causa de homem!!! As duas tiveram uma briga feia. Uma que já tinha um namorado, tava se assanhando toda p carinha que a outra estava interessada. Essa primeira estava tão empolgada que não dava atenção para a outra e até a deixava falando, deu no q deu né, não se falaram mais até que acabaram a escola e não se viram mais…e o cara só pegando kkkk.

Deixe uma resposta para raquel Cancel Reply