Chat Feminino
Saúde

[Diário da Dieta] – Minha primeira corrida de rua

Antes de começar esse post, desculpem o total e completo abandono deste espaço virtual, mas uma tendinite me derrubou semana passada, mal consegui terminar meus afazeres na agência, por isso, quando eu chegava em casa só ficava descansando, pra não forçar mais ainda o braço.

Há algum tempo contei aqui no blog que queria começar a correr e que iria tentar participar da Meia Maratona de Natal. Pois bem, a prova foi sábado passado (09/11) e apesar da tendinite que quase me faz ficar em casa (a dor tá do ombro aos dedos, uma delícia, só que não) resolvi correr e testar meus limites.
Falando sobre a prova em si: achei uma total e completa falta de organização do evento. A corrida atrasou, disseram que quem ia fazer 21k ia largar primeiro, quem fez 5k acabou começando a corrida antes e eu só consegui passar da largada depois de quase oito minutos de prova, tava um amontoado de gente e quase que eu não passo. Inclusive algumas pessoas que trabalham comigo só largaram com 15 minutos de prova. E quando eu estava já em 3km, voltando, o pessoal de 10k largou, que bagunça!!
Enfim, eu nunca tinha participado, não sabia como era a dinâmica nem nada. Coloquei meu número de identificação, amarrei o chip no tênis e fui, com a cara e a coragem!

O primeiro e o último km são os mais longos! Minha gente que coisa demorada, eu achava que não ia ver a plaquinha de 1k nunca, mas ela apareceu, e eu fiquei super mega feliz! Fui contando mentalmente “faltam só 4k”, “faltam só 2,5k” pra ver se eu conseguia motivação e força pra continuar.
No meio da prova meu braço doeu muito, meu ombro tava quase chorando e me chamando de louca, pois eu tinha ido ao hospital um dia antes tomar injeção por causa da tendinite e tava usando uma tipóia móvel para imobilizá-lo.
Eu não corri o percurso todo, não tinha braço nem joelho que aguentasse. Não treinei na semana da prova por causa da dor e mesmo assim eu fui.
Foi uma superação e uma prova enorme de que eu posso conseguir o que eu quero, basta perseverar muito. Eu queria terminar a prova e depois de 50 minutos cruzei a linha de chegada, numa alegria sem fim!

Infelizmente corri sozinha. Por causa da desorganização e do 3g quase inexistente não consegui encontrar com o pessoal do trabalho, mas enfim, coloquei meus fones, liguei música alta e fui.

Alternei corrida e caminhada. Felizmente corri mais que caminhei, mas ainda não fiz os 5k correndo direto (meta para as próximas) e quando a plaquinha dos 4k apareceu eu senti uma alívio e uma alegria tão grande, tava terminando e eu ia conseguir!
Foi uma adrenalina e uma felicidade cruzar a linha de chegada!
Agora vou a um ortopedista pra melhorar o ombro e o joelho, pra continuar fazendo provas. :)


Euzinha e meu amigo Isaac, felizes que nem pinto no lixo, depois da corrida. Eu corri 5k e ele 10k.

Sei que o post ficou meio doido, mas eu não consegui organizar as ideias. Desculpaê. ;)

Beijinhos

You Might Also Like...

4 Comments

  • Reply
    Sayonara
    11 de novembro de 2013 at 8:07 pm

    Parabéns pela iniciativa e pelos 5 km corridos. Nunca tinha visto ninguém daqui de Natal participando de uma maratona, fiquei super empolgada pra correr na próxima.

    • Reply
      Nary
      11 de novembro de 2013 at 8:36 pm

      Say,

      sempre rolam umas corridas por aqui, quando tiver uma nova, te aviso! :D

  • Reply
    Sayonara
    11 de novembro de 2013 at 9:28 pm

    Sempre? Quem diria, achei q seria uma maratona por ano e olhe lá. Avisa sim, por favor *-*

    • Reply
      Nary
      11 de novembro de 2013 at 9:42 pm

      Tem sim! Esse ano já teve corrida do servidor, a dos soldados de fogo (dos bombeiros), teve a noturna do sesi. Essas são as que eu lembro :)

Leave a Reply