Chat Feminino
dieta Saúde

Diário da Dieta: As dificuldades do dia-a-dia

Não é fácil. Morar em uma casa com quatro pessoas de peso ‘ideal’ e que podem comer de tudo, abrir a despensa e encontrar biscoito recheado, doritos e um monte de guloseimas sem poder usufruir de nenhuma delas. Não é bacana ver sua família comer uma macarronada no jantar enquanto você tem que se satisfazer com um sanduíche natural e um copo de suco de soja.
Sanduíche natural é bom? É sim. Mas macarronada é infinitamente mais saborosa, não tem comparação. Não sei o que acontece mas a gordura acaba dando um sabor especial à comida que nos faz salivar. É papo de gordo isso tudo? É sim e sou consciente em admitir.
Li e leio alguns blogs que falam de dieta e quando as meninas emagrecem muitos kilos apenas falam de como estão se sentindo bem, de quanto é ótimo estar magra mas e o processo? E a abdicação das coisas que você gosta de comer?
“Ah Nary, mas é só comida.” Mas comer é um ato de prazer e quem não gosta de sentir prazer nessa vida?
Mas aí o que deve acontecer é uma reflexão do que vale mais a pena, se é comer uma macarronada e engordar ou comer o sanduíche natural e continuar firme na reeducação alimentar pra colher os frutos depois.
Eu escolhi o sanduíche natural, mas não foi fácil.


“Moda é a motivação mais saudável para perder peso.”

Deixando um pouco o drama de lado…
Semana passada fui comprar umas roupinhas novas e descobri que diminuí dois números do short!!! Quase saio dando pulinhos de alegria dentro da loja.
Por isso que eu digo, enquanto eu tiver força de vontade, continuarei escolhendo o sanduíche natural.
Sei que há escorregões no caminho, as tentações são enormes, mas vamo que vamo!!!

A Amanda Faia começou um blog sobre a dieta dela, vale bem a pena ler, só clicar aqui.
Beijinhos

You Might Also Like...

8 Comments

  • Reply
    Nathália
    26 de fevereiro de 2012 at 1:07 pm

    Tô tentando buscar essa força de vontade, e é bem verdade tudo o você disse.

  • Reply
    Indira
    27 de fevereiro de 2012 at 9:15 am

    realmente fazer uma reeducação alimentar é bem difícil, as pessoas (família e amigos) costumam não valorizar os nossos esforços e fazem de tudo para que a gente caia em tentação…

    o processo (principalmente o início) é bem complicado mesmo, mas depois vira hábito e vc vai começar a se incomodar com o cheiro de fritura/gordura, pode ter ctz!

    Sem contar q a maior recompensa vc já está tendo… Reduzir 2 números do manequim é uma vitória e tanto, só assim para a gente saber o quanto valeu a pena não comer a macarronada :)

    Parabéns pelas conquistas!!!!

    • Reply
      Nary
      27 de fevereiro de 2012 at 11:07 am

      Indira,

      obrigada pela força.
      É uma luta diária mesmo, cada passo é uma vitória. E vamo que vamo!!!

      bjss

  • Reply
    Michelli
    27 de fevereiro de 2012 at 9:42 am

    Força na peruca que tu consegue! =*

  • Reply
    Izadora Medeiros
    27 de fevereiro de 2012 at 10:17 am

    Falou muuuito bem! Esse papinho de ser magra é maravilhoso e blablabla… mas e a vida de quem fica passando vontade em busca de um objetivo não é fácil não! Adorei a imagem sobre a moda e o post tbm! Bjão Nary e muito foco pra vc! =D

    • Reply
      Nary
      27 de fevereiro de 2012 at 11:09 am

      Izadora,

      foco pra todas nós!!!!
      bjbj

  • Reply
    Cecília
    15 de março de 2012 at 2:25 pm

    Oi, Nary!
    Então, li um livro no começo da dieta (o Pensando Magro, que a Camys tb indica no blog dela) e a autora sempre fala do “musculo da resistência” que é na verdade a nossa força de vontade… O que a autora fala é que quanto mais a gente resiste às tentações, mais fortalecemos o músculo da resistência e aí mais fácil vai ficando resistir depois… E para mim isso é bem verdade… no começo da dieta, qualquer fatia de pizza era motivo para escapulir… kkkkkkkk Mas hoje, já vendo os meus resultados, penso mil vezes antes de aceitar e normalmente, não aceito!!! Repito para mim mentalmente “a pizza (ou sanduíche, brigadeiro, coxinha, qq coisa engordativa) deve estar gostosa, mas EU quero ficar mais gostosa e não vou comer” kkkkkkkkkkkkk

    • Reply
      Nary
      15 de março de 2012 at 6:04 pm

      Cecília,

      ainda dou muitas recaídas, o que é desastroso, mas não posso desanimar!
      To querendo muito ler esse livro!!

      bjs!

Leave a Reply