Você sabe o que é Lowsumerism? | Chat Feminino
Comportamento

Você sabe o que é Lowsumerism?

Talvez você já tenha até visto esse termo por aí, talvez não, mas é inegável que o Lowsumerism é uma das grandes tendências atuais e pessoalmente espero que seja adotado não apenas porque o termo está “na moda“, mas que seja incorporado por vários como estilo de vida. 

Lowsumerism

O consumismo desenfreado veio crescendo nas últimas décadas logo após a revolução industrial. Ela foi o ponto de partida para a produção em massa das indústrias. Como a oferta era maior que a demanda, vários mecanismos foram criados para o incentivo do crescimento do consumo para escoar a produção. Publicidade desenfreada, cartões de crédito e o consumo do american dream (comprar coisas desnecessárias para mostrar luxo e posse) são alguns dos fatores que posso citar aqui como influenciadores desse consumismo. 

Em se tratando de moda temos mais desfiles, fast fashion (com elas, vários casos de escravidão para produzir peças em larga escala a preço baixo), mais coleções por ano e uma avalanche de informações na internet que dizem: compre, compre e compre. 

O Lowsumerism vem se opor a tudo isso. Prega um consumo consciente. Comprar se torna um ato social e as empresas com transparência na produção e preocupação socioambiental ganham mais adeptos. 

Lowsumerism ou baixo consumismo (tradução livre) repensa a lógica de consumo e incentiva o equilíbrio, não apenas uma compra pelo impulso do ter. 

O consumo desenfreado não desestabiliza apenas os nossos bolsos, mas o planeta também, que precisa cada vez mais dispor de recursos de produção, portanto, consumir menos é também pensar ecologicamente e no futuro do mundo. 

Pensar antes de comprar, comprar do pequeno e comprar o que realmente precisamos são pequenos passos para se consumir menos e de forma consciente. 

O Lowsumerism conscientiza a partir de algumas perguntas básicas: 

  • Você realmente precisa disso? 
  • Você pode pagar por isso ou apenas quer se sentir incluído ou afirmar a sua personalidade?
  • Você sabe a origem desse produto e pra onde ele vai depois do descarte?
  • Você não está sendo iludido pela propaganda?
  • E principalmente, qual o impacto que esse produto causa no meio ambiente? 

Você pode adotar três simples atitudes que fazem uma grande diferença: 

  • Pensar antes de comprar
  • Viver apenas com o necessário
  • Buscar alternativas de menor impacto para os recursos naturais como trocar, consertar e fazer 

É de se pensar não é?

A empresa Box1824, é especialista em  pesquisa de tendências de comportamento e consumo fez um vídeo chamando The rise of lowsumerism. Sugiro que vocês assistam:  

 

Para aplicar o Lowsumerism na moda, que tal começar pensando e definindo qual é realmente o seu estilo e começar a fazer uma limpa no seu armário e ficar apenas com o importante?

Sei que em meio a tanta publicidade desenfreada, tantos blogs instigando o consumo é complicado não sair comprando tudo que se vê pela frente. Porém, defendo que é um exercício que devemos começar a aplicar na nossa vida, pensando no mundo como um todo e não apenas em nossos umbigo.

Como diz o vídeo: a mudança tem que acontecer na sua consciência. :) 

E não esqueça que o mundo é nossa casa, não um grande shopping center. 

 

Aproveita e veja também:

Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo e freebies. ;)

Post Anterior Próximo Post

6 Comentários

  • Responder Vy 7 de março de 2016 at 8:55 pm

    Eu tenho pensado nisso nesse ano de voluntariado, afinal, voluntariado é sinônimo de nenhum dinheiro! E ai que eu vejo que eu consumia muita coisa sem necessidade, e que quero comprar muita coisa que eu nem preciso! É uma reprogramação mental forçada, mas que faz repensar a vida toda. Inclusive tô querendo levar isso de volta pro Brasil pra ver se eu consigo ter um estilo de vida mais saudável (uma vez que somos uma geração que ganha menos trabalhando muito mais que as gerações anteriores e eu não quero trabalhar tanto assim – a gente trabalha pra viver, não vive pra trabalhar).

    • Responder Nary 8 de março de 2016 at 8:33 am

      Eu também tenho repensado muitas coisas, como eu gasto dinheiro com besteira. Agora mesmo eu estava num site de produtos de beleza porque eles estão dando um reconstrutor capilar de 50ml em compras de qualquer valor, fiquei procurando o que comprar só pra ganhar o brinde. Daí parei por um tempo e pensei: meu amigo eu tô é doida. Aí fechei o site.
      Espero conseguir resistir cada vez mais e fazer compras mais conscientes também.

  • Responder Isabele de Paula 8 de março de 2016 at 10:56 pm

    Esse é um dos assuntos que tem rodeado minha cabeça nos últimos meses. Nesses dois primeiros meses do ano eu descobri que sou capaz de viver com bem menos do que imagina. E isso foi ótimo. Menos dinheiro gasto (sem propósito), mais dinheiro guardado.
    E tabmém estou doida pra montar um armário capsula pra mim. Mas como você dise, ainda estou definindo meu estilo pra saber bem o que preciso comprar, do que me desfazer, essas coisas…
    Tô amando o CF em 2016. :)
    Bjs

    • Responder Nary 9 de março de 2016 at 8:47 am

      Eu to querendo montar um armário cápsula também, mas preciso primeiro passar da fase de ter muita roupa folgada por causa da reeducação, ainda to adaptando tudo. rs

      E que bom que está gostando do blog, esse ano to com várias ideias pra pautas mais desse estilo, inclusive armário cápsula tá na minha listinha :******

  • Responder [Moda] - Looks P&B | Chat Feminino 11 de março de 2016 at 3:22 pm

    […] é preto, ou branco ou preto e branco, muita variedade não é mesmo?! hehehehe Como estou tentando consumir menos e de forma melhor, vivo pelo pinterest caçando looks que possam se adequar a essa minha nova proposta de vida e com […]

  • Responder O que é armário cápsula | Chat Feminino 14 de março de 2016 at 8:25 am

    […] alguns posts atrás falei de Lowsumerism e consumo consciente e continuando nessa pegada que tenho certeza que muita gente já é adepta, […]

  • Responder