Rio de Janeiro Archives | Chat Feminino
Navegar por Tag

Rio de Janeiro

Viagem

5 coisas sobre o Rio de Janeiro

O blog ficou paradinho porque eu a Anne fomos passar uns dias no Rio de Janeiro. <3 Acabei de chegar da cidade e como não montamos um mega roteiro elaborado do que fazer por lá não vai ter post detalhado sobre a viagem. Mas pra não passar em branco decidi separar 5 coisas sobre a cidade que me chamam a atenção sempre que vou lá. rio

Bom atendimento não é regra

O carioca é marrento e mal educado. Isso é um fato confirmado por mim e por várias outras pessoas que já visitaram a cidade. Infelizmente ter um bom atendimento em bar/restaurante/estabelecimento comercial não é uma regra e isso é uma droga né? O consumidor sempre quer ser bem atendido e parece que isso anda bem em falta no Rio.
A impressão que tenho é que a cidade já se vende por si só que o atendimento não precisa ser maravilhoso para que os turistas estejam sempre por lá.

A Zona Sul não é tudo

Quando se fala do Rio logo se pensa em: Copacabana, Leblon e Ipanema. Os três bairros são mega famosos e lindos, mas a Zona Sul da cidade não é tudo. Dessa vez fiquei hospedada na Lapa e adorei! Vale a pena sair do circuito Zona Sul e ir conhecer o centro da cidade.

A água do mar é gelada!

Sou nordestina e acostumada com uma água do mar morna e maravilhosa, mas isso não acontece no Rio. A água é extremamente gelada, não importa quão quente esteja, a temperatura da água sempre vai ser baixa. Não curti isso não. heheheh

O trânsito é caótico

Carro, ônibus, táxi, bicicleta, ninguém se entende. Os motoristas fazem cada barbeiragem, os taxistas são loucos e os motoristas de ônibus mais ainda. Ninguém respeita na-da. E ah, os pedestres também não usam a faixa não, eles atravessam em qualquer canto da rua, esteja o sinal vermelho ou não, basta não ter carro na rua que eles passam. Loucura.

Rio

Mesmo com chuva, a cidade continua maravilhosa

Sempre peguei dias super ensolarados no Rio, mas dessa vez choveu e apesar da cidade ficar super cinza, ela não deixa de ser maravilhosa. <3

Se você quiser ler todos os posts que já fiz sobre o Rio, clique aqui!

Beijinhos!!

Viagem

Lugares para comer no Rio

Acabei de chegar do Rio de Janeiro, terceira vez na cidade e cada ida conheço mais locais legais! Ano passado conheci pouco dos botecos do lugar, tinha uma Domino’s ao lado do albergue então acabou que meu cardápio foi regado à pizza. Mas dessa vez fui com meus pais e comemos em alguns lugares muito legais e reuni todos nesse post pra vocês.

Confeitaria Colombo

mil folhas confeitaria colombo
A Colombo é um clássico do Rio e não ir lá é um atentado a sua viagem! rs
Aff que exagerada eu, mas é sério, a que fica localizada no centro é a coisa mais linda e tem muitas gostosuras. Eu vou sempre de mil folhas de chocolate, que é doce na medida certo e não é enjoativo. Meus pais pediram um crepe de queijo brie com alho poró e meldels que negócio delicioso. <3 Localização:
Rua Gonçalves Dias, 32 / Centro – Rio de Janeiro
Tem um no Forte de Copacabana também:
Endereço: Praça Cel Eugênio Franco nº1
Posto 6 Copacabana-RJ
Entrada para o Forte de Copacabana (Ingressos)
Adultos – R$ 6,00
Maiores de 60 anos – R$ 3,00
Estudantes – R$ 3,00

Belmonte

Bolinho de bacalhau e chopp do Belmonte
O Belmonte a Tha já tinha falado pra mim (que ia me levar pra comer empada) e na sexta o recepcionista do Hotel acabou indicando o mesmo local pra gente (leia-se minha família) ir curtir um happy hour e adoramos!
Lá é um boteco super carioca mesmo! Chopp gelado, tira-gosto delícia e gente, muita gente!
Provei o bolinho de bacalhau, empada aberta de camarão e catupiry, empada de camarão, pastel de camarão, brie e alho poró, batata frita com queijo gratinado.
Deu pra perceber que comi muito né? Hehe
Além disso, tomei chopp, muito chopp. Sempre geladinho. Vale a pena.
Ah, tem Belmonte em vários locais da cidade.

O Caranguejo

Por acaso esse bar é na esquina do hotel que nos hospedamos e fomos meio sem saber o que esperar. Por fim foi uma escolha bem feliz! Pense numa comida gostosa e farta. Pedimos peixe ao molho de camarão e meu irmão pediu frango com queijo gratinado e purê (não me recordo do nome do prato). Estava tudo uma delícia e de acordo com meus irmãos o chopp estava gelado.
Localização:
Rua Barata Ribeiro, 711, Copacabana.

ps. Não tem foto de alguma comida d’O Caranguejo porque eu esqueci. :S hehe

Esses foram os locais mais gostosos que comi nessa viagem, se você tem mais dicas, deixa nos comentários. :)

Ano passado fui ao Rio e fiz vários posts sobre o que fazer na cidade e a dica de um hostel barato e bem legal. Se quiser ler, clica aqui
Se quiser todos os posts que fiz sobre viagem, basta clicar aqui.

Beijinhos

Viagem

[Guia de Viagem] – Che Lagarto Hostel – Copacabana

Continuando os posts do guia de viagem do Rio de Janeiro, hoje falo da hospedagem, o Hostel Che Lagarto em Copacabana.
che lagarto copacabana
Que me conhece sabe que viajar é uma das coisas que mais amo fazer na vida e para poder viajar mais e gastar menos prefiro me hospedar em albergues, que tem hospedagem boa, barata e de quebra você ainda conhece um monte de gente bacana e divertida. No Rio decidi me hospedar no Che Lagarto, uma cadeia de hostels que tem no Brasil, Argentina, Peru, Chile e Urugai (aqui no Brasil tem até aqui em Natal). No Rio eles tem quatro filiais e como eu já conhecia o bairro de Copacabana, achei a mais fácil e bem localizada pra que eu pudesse me orientar na cidade. E foi a escolha mais acertada! O albergue fica na Barata Ribeiro, bem pertinho da estação de metrô Arco Verde, de ponto de ônibus e a duas quadras da Av. Atlântica e do Copacabana Palace.
Che Lagarto Copacabana
O albergue tem três andares, uma piscina pequena lá em cima (parece uma hidro, é bem bacana), vários quartos, inclusive alguns com banheiro privativo. Além dos banheiros coletivos eles têm banheiros que são fora dos quartos mas são individuais, bons pra quem não quer dividir, e aliás, achei ótimo.
Toda a atmosfera do Che é bem jovial e divertida, a começar pela camiseta usada pelo staff que dizia algo como: sorria você está viajando. Algumas frases espalhadas pelo albergue falando de viagens, sorrisos e coisas bacanas da vida me cativaram, fotografei tudo bem porcamente (foi mal!), era pra ter fotografado pela manhã, que aí tinha luz natural, mas esqueci. heh
Che Lagarto Copacabana
A recepção é super animada, toca música por lá o dia todo (você chega da praia e tá tocando música, melhor coisa!), o pessoal que trabalha lá é prestativo e super gente boa!
O quarto que ficamos (eu e uma amiga) cabia oito pessoas, as camas super novas, colchões macios, travesseiro fofo. A gente quando chega ganha dois lençóis, capa pra o travesseiro e um número para colocarmos na nossa cama e identificar que ela tá sendo usada. Embaixo dos beliches tinham armários que podemos fechar (leve cadeado) e nossas coisas ficam guardadinhas. ;) Eles tem wi-fi grátis e três computadores de uso livre. Tive um imprevisto nas férias e tinha que atualizar o blog de um cliente, os pcs de lá me salvaram. rs
O Che não aluga toalhas (alguns albergues fazem isso) e achei esse o ponto negativo, mas enfim, levei minha toalha e pronto, problema resolvido. hehe
O café da manhã é honesto e gostoso! Sempre tinha uma ou duas frutas, bolo, pão (de torrada e francês), leite, café, sucrilhos, geléia, manteiga, sucos e água. Achei farto pra um albergue viu.
Outra coisa interessante é que você ganha uma pulseira tipo aquelas de balada, e coloca no braço, pois se você chegar à noite, o segurança vai saber pela pulseira que você tá hospedado lá.
Che Lagarto Copacabana
Eu fiz minha reserva pelo hostelbookers e no ato da reserva paguei 10% do valor total da hospedagem. Ao chegar no albergue paguei o restante, no dinheiro, eles não aceitam cartão, o que também é um pouco chato né. Você também pode fazer a reserva no próprio site do Che.

Recomendo a quem curte essa vibe albergue! ;) É uma economia ótima e ainda dá pra conhecer muita, mas muita gente!!!

Beijinhos