Cabelos Archives | Chat Feminino
Navegar por Tag

Cabelos

Cabelos

5 dicas para lavar corretamente os cabelos

Cuidar dos cabelos é uma maravilha, usar creminhos diferentes, fazer cronograma capilar e manter uma rotina de cuidados básicos pra manter os fios bonitos, mas tem uma coisa que às vezes a gente esquece que é tão básico e negligenciado, mas pode influenciar demais na saúde dos fios:  lavar corretamente os cabelos.

Não só de máscaras e finalizadores vivem os cuidados com os cabelos né? De nada adianta usar os melhores produtos, ter todo um cuidado maravilhoso com as madeixas se a gente não lava os cabelos direitinho, portanto, hoje eu trouxe 5 dicas para lavar corretamente os cabelos.

Veeeem comigo! <3

dicas para lavar os cabelos corretamente
foto: Shutterstock

Lugar de shampoo é na raiz

Certamente você já leu isso inclusive nos rótulos de shampoo, mas muita gente não faz isso, passa na raiz e puxa as pontas pra cima e faz um bolo de cabelo esfregando tudo. Inclusive eu mesmo lavava meus cabelos assim e não sabia que tava estragando o coitado.

A espuma feita na raiz, que deve ser massageada suavemente para ativar a circulação, serve para limpar o comprimento e as pontas do cabelo de boas. O ideal é descer com a espuma na hora que você vai fazer o enxague do shampoo. Prometo que vai ficar tudo bem limpinho!

Mas sabe porque não é bom usar o shampoo nas pontas? Geralmente essa parte do cabelo é a mais seca e as propriedades detergentes do shampoo podem ressecar essa parte dos seus fios e ao invés de um cabelo saudável, brilhoso e sedoso você vai ter pontas ressecadas e sem vida.

 

Diluir o shampoo ajuda na limpeza dos fios

Eu aprendi isso há alguns anos e foi uma mudança grande na minha vida capilar (exagerada sim), mas sério, depois que você começa a diluir o shampoo em água antes de passar nos fios você sente a diferença.

A diluição evita o acúmulo do shampoo nos fios e traz uma espalhabilidade melhor pra ele na sua cabeça. Quando você pega o shampoo e taca na raiz, você certamente sente dificuldade em espalhar o produto por toda a cabeça, diluindo em água fica bem melhor.

Para diluir use um potinho e dilua apenas a quantidade que vai usar na lavagem, nada de fazer uma mistura de água e shampoo pra deixar no box, isso pode alterar as propriedades e eficácia do produto.

Condicionador, apenas no comprimento e pontas

O condicionador em contato com o couro cabeludo favorece o aumento da oleosidade e oleosidade é uma coisa que ninguém quer na raiz dos cabelos né? Ele pode trazer coceira, mau cheiro e caspa. Portanto, o condicionador deve ser aplicado no comprimento e pontas dos cabelos e agir por aproximadamente uns três minutinhos.

Não esquece de enxaguar beeeeem porque não é pra ficar resíduo de produto nos fios hein?!

Não esfregue o couro cabeludo com as unhas

Quando falei de aplicar shampoo apenas na raiz e massagear o couro cabeludo de leve, é para usar sempre as pontas dos dedos e não as unhas. Quando você usa as unhas e faz uma fricção muito forte no couro cabeludo, você pode literalmente machucá-lo e também aumentar a atividade das glândulas sebáceas, trazendo o que? Mais oleosidade pra você.

Para evitar a oleosidade, nada de esfrega esfrega e nada de unhas. Faça massagens com os dedos suavemente em toda a raiz.

Não lave os fios com água quente demais

Quanto maior a temperatura da água que você vai lavar os seus cabelinhos, mais abertas as escamas dos fios vão ficar e no final o cabelo vai ficar opaco e ressecado. Sabe quando falam que dar a última chuveirada nos cabelos com água gelada faz os fios ficarem mais brilhantes? Isso acontece porque a água gelada fecha as escadas, dando esse brilho mesmo. ;)

Outra coisa que a água quente estimula, é a oleosidade e isso é uma coisa que já deixamos bem claro por aqui que não queremos né? Se você não puder de forma alguma tomar ao menos um banho morno, tente ficar o menos possível embaixo do chuveiro.

E ah, dar aquela última chuveirada gelada, tenta que você vai ver a diferença!

Espero que tenham gostado das diquinhas e se tiver mais alguma pra dar, deixa nos comentários que eu vou adorar saber!

 

Beijinhos!

Me siga nas redes sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook

dicas para lavar os cabelos corretamente
Cabelos

Resenha – Be(M)dita Ghee – Hidratação – Lola Cosmetics

Uma coisa que eu gosto muito (e é por isso que esse blog existe) é testar produtos e escrever sobre eles, especialmente agora passando pela transição capilar é bom pra ver como o cabelo se comporta com os produtos de várias formas diferentes, porque na transição, minhas amigas, cada dia é uma surpresa. rs

Hoje eu vim falar sobre a Be(M)dita Ghee de hidratação da Lola Cosmetics, um produto que habitou minha wishlist assim que foi lançado e depois de um tempo consegui comprar e venho usando desde novembro do ano passado pra escrever sobre aqui.

Já adianto que pode comprar sem medo, você certamente vai amar essa belezinha. <3

Be(m)dita Ghee Hidratação - Lola Cosmetics

Be(M)dita Ghee – Hidratação – O produto

A Be(M)dita Ghee Banana & Aloe Vera da Lola Cosmetics é a máscara de hidratação da linha Be(M)dita Ghee, uma manteiga vegetal de frutas, orgânica e vegana, que promete devolver a umidade natural, maciez e brilho dos cabelos.

O diferencial dessa linha, que possui além da hidratação, uma máscara de nutrição e uma de reconstrução, é que todas são veganas, naturais e feitas com frutas. A ghee de hidratação é indicada para cabelos opacos, ressecados e sem vida.

De acordo com a Lola o produto é ideal para o cronograma capilar, liberado para low poo e no poo. Após usar a máscara não é necessário o uso de condicionador para selar os fios, ela já faz esse trabalho. Possui os seguintes ativos:

• Banana, Óleo de Jojoba e Algas: São ricos em proteínas que fortalecem e hidratam os fios de cabelos enfraquecidos, de dentro pra fora, deixando os cabelos mais macios e brilhantes.

• Aloe Vera: É um forte aliado para a saúde dos cabelos e couro cabeludo, permitindo que os nutrientes e as vitaminas penetrem com maior facilidade nos fios, o que potencializa o brilho e beleza.

• Água de Coco: Rica em aminoácidos, proporciona maciez e suavidade aos fios.

É hidratação pra mais de metro viu? E ainda vem com essa apresentação linda da embalagem de vidro com tampa de rosquear e a identidade visual super fofa. <3

 

Be(M)dita Ghee – Hidratação – O que eu achei

Ah quanto amor! Ao abrir a embalagem, que é fofa linda demais, já sobe aquele cheirinho maravilhoso de banana. Você já ouviu falar na bala xaxá? Se sim, o cheiro da Ghee é o mesmo da balinha. Quando abri o pote pela primeira vez, só emoções, lembrei da infância total. heheheh A pessoa louca que escreve um parágrafo só pra falar do cheiro do produto, mas é que é maravilhoso demais. Docinho sem enjoar.

Be(m)dita Ghee hidratação

A Ghee de banana tem uma consistência não de manteiga, mas de um creme que não é tão grosso nem tão molenga. Se você virar o pote ele vai derramar tudo, mas vai demorar um pouquinho sabe? Geralmente os cremes de hidratação são menos densos, certamente por causa dos componentes da fórmula.

Mas sim, vamos deixar de enrolação e falar do babado que é o meu cabelo depois de usar esse produto, aff é só amor! Geralmente nos meus fios os produtos de hidratação deixam ele super fofo, com muito frizz e um volume estranho. Hidratação repõe água nos fios, então é normal isso acontecer a água deixa o cabelo leve e ele sobe.

Então usualmente eu costumo batizar as hidratações com D-Pantentol pra que os cremes façam mais por mim do que só deixar os fios leves demais. MAS, com a Ghee eu não preciso batizar com nada, usando só ela já tenho um resultado super satisfatório. Os fios ficam leves, mas sem ficar fofos e cheios de frizz, sinto meu cabelo super hidratado, alinhado, brilhoso e cheiroso.

Até hoje foi a melhor máscara de hidratação que usei. Ela derrete o cabelo de um jeito super maravilhoso, sabe aquele creme que você tem uma certa peninha de usar porque vai acabar? É ele! <3

Confesso que não é um produto barato, tanto que enrolei por um tempão pra comprar por causa do preço. Aqui em Natal vi chegar a R$70 e eu sinceramente sou amarrada pra pagar R$70 em um creme, mas graças à Black Friday consegui comprar de R$38 na Época Cosméticos. Aqui você pode comparar os preços de várias lojas. Sugiro fazer uma extensa pesquisa porque os valores variam de R$45 até R$70. ;)

Mas olha, mesmo se eu tivesse pago R$70,00, vale cada centavinho investido viu! <3 Só amor!

 

Be(M)dita Ghee – Hidratação – Composição 

Ingredientes / Ingredients: Water and Coconut Water | Cetearyl Alcohol | Behentrimonium Methosulfate | Aloe Barbadensis | Musa Nana Fruit Extract | Glycerin | Hypnea Musciformis Extract (and) Gellidiela Acerosa Extract (and) Sargassum Filipendula Extract (and) Sorbitol | Jojoba Oil | Cetrimonium Chloride | Dicocodimonium Chloride (and) Isopropyl Alcohol | Caprylic/capric triglyceride | Cetyl Esters | Ricinus Communis (Castor) Seed Oil | Fragrance/Parfum | Ocimum Basilicum Oil | Benzyl Alcohol (and) Benzoic Acid (and) Dehydroacetic Acid | Disodium EDTA | Linalool, Eugenol |

Beijinhos!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook |

Cabelos

Transição Capilar – Tentando novamente

Se você me segue no instagram (segue aí menina!) já sabe que estou passando pela Transição Capilar mais uma vez. Ano passado eu falei sobre o assunto por aqui e expliquei como é o processo da transição e depois de alguns meses escrevi um post de como a transição tinha afetado minha autoestima negativamente e que eu tinha alisado os fios novamente. Acontece que mais ou menos em julho/2017 eu decidi que não alisaria mais, iria deixar sair toda a selagem dos meus fios para ver como eles são naturalmente e aí embarquei de novo na transição capilar. 

Eu estava há alguns meses ensaiando fazer esse post aqui, pra compartilhar com vocês como está sendo todo esse processo e pretendo fazer disso um diário da transição capilar, pra deixar tudo documentado e ajudar eventualmente quem esteja passando por isso.

Transição capilar e o cabelo ondulado

Pra começar, sugiro que leia esse post aqui que fiz sobre o cabelo ondulado, ele explica direitinho todas as particularidades das onduladas, que ficam ali entre as lisas e as cacheadas. Os fios ondulados não formam efetivamente cachos e possuem muito frizz e parece que na transição o frizz triplica sabe? Eu finalizo o cabelo, saio de casa e parece que a estática do mundo inteiro tá nos meus cabelos, de tão arrepiados que eles ficam.

Outra coisa que acontece com as onduladas é a famigerada falta de day after e parece que na transição isso também potencializa. Durante esses meses, eu tive dois ou três bons day afters e só. O que acontece é que a química do meu cabelo ainda é muito pesada frente aos produtos que uso pra dar definição, então geralmente no dia depois que lavo a franja e a parte de cima dos fios alisa totalmente e a parte de dentro do cabelo, que ninguém vê, fica ondulada.

Com essa falta de bons day afters eu fico meio desestimulada às vezes, tanto que tem dia que nem finalizar ele ondulado eu faço, passo apenas um creme de pentear e deixo ele secando naturalmente. Daí a franja e a parte de cima do cabelo que ainda tem muito alisamento ficam super lisas e por dentro ele ondula, o que me dá um volume meio estranho.

Curiosamente hoje meu cabelo deu um day after bem interessante, onduladinho, e como a franja é uma coisa que nunca consigo manter bonita nessa vida, prendi, olhem só:

Transição capilar o cabelo ondulado

Duas texturas, dá pra ver bem que tá cheio de fio liso pelo meio

 

Transição capilar e a busca pela finalização “perfeita”

Eu confesso que já desisti de tentar uma finalização que me deixe maravilhosamente ondulada/cacheada, porque consegui exatamente duas vezes e uma delas nem fui eu quem finalizei, foi Amanda (que escreve aqui no blog). A gente foi num evento da Bioextratus conhecer a linha de cachos deles e ela fez uma finalização em mim bem estruturada, que me deixou apenas lindíssima (e convencida também):

Transição capilar e o cabelo ondulado

A quem interessar possa, ela usou a manteiga meus cachos de cinema da embelleze, fez fitagem e secou com difusor. Demorou aproximadamente uma hora o processo, me deu um dos únicos day afters mencionados lá em cima e fiquei me sentindo pleníssima. Será que no final da transição meus fios vão ficar assim?

Transição capilar e big chop

Big chop significa grande corte, que é retirar toda a parte de química restante depois de alguns meses de transição. Eu não fiz big chop e nem pretendo fazer. O que fiz foi começar a cortar aos poucos partes da química, pra não ter um impacto tão grande na minha autoimagem.

Em novembro do ano passado eu cortei os fios na altura dos ombros em Nalva Melo, mesmo lugar que Amanda fez o corte dela (e contou sobre isso nesse post aqui). Foto do dia do corte:

Transição capilar e os cabelos ondulados

Pretendo ir cortando aos poucos, agora já tem muita química pra tirar, acho que daqui a uns dois meses no máximo cortarei novamente.

Cada transição é diferente e paciência é a palavra chave pra passar por esse processo sem surtar. Eu tenho tido mais paciência e calma do que imaginei que teria, felizmente, porque a primeira vez que tentei a transição ano passado não estava preparada e acabei alisando. Não me arrependo de ter alisado, agora estou passando pelo processo de uma forma mais tranquila, cuidado demais dos meus cabelos e descobrindo todos os dias uma mudança, uma textura, uma forma nova de cuidar dos meus fios. É uma descoberta interessante e ao longo do tempo venho fazendo mais posts sobre isso aqui!

No instagram, eu criei uma hashtag chamada #transiçãodanary, clicando aqui, você também pode me acompanhar por lá os meus posts rápidos sobre o assunto. ;)

 

Beijinhos!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook |

Transição capilar e os cabelos ondulados