[Seriado] - Unbreakable Kimmy Schmitd | Chat Feminino
Seriado

[Seriado] – Unbreakable Kimmy Schmitd

Hoje eu vim falar de um seriado que à primeira vista não me cativou nadinha, mas dei uma segunda chance e terminei a temporada em dois dias: Unbreakable Kimmy Schmitd.
Unbreakable Kimmy Schmidt
Já vou confessando logo que paguei a língua porque na época que ele saiu no Netflix todo mundo morreu de amores e eu não consegui terminar de ver o episódio piloto, que tem uns 20 minutos de duração. Então já saí falando: “mas que seriado tosco, horrível, como as pessoas gostam?”. Até que depois da recente aquisição de um maravilhoso chromecast (falarei dele melhor em outro post) estava de bobeira essa semana à noite e resolvi dar uma segunda chance. Pulei o primeiro episódio e parti pro segundo. Em um dia vi oito episódios seguidos e no outro dia terminei a primeira temporada. hehehe

Se você nunca viu, um breve resumo: Kimmy Schmidt foi sequestrada quando adolescente por um líder de um culto apocalíptico que manteve ela e mais três mulheres presas em um abrigo subterrâneo. Elas são resgatadas depois 15 anos e com a liberdade, Kimmy decide ir morar em NY e começar a viver a vida. Ela vai morar com Titus (um aspirante à ator) e consegue um trabalho com Jacqueline (Jane Krakowski), uma dondoca nova yorkina muito da engraçada.
Unbreakable Kimmy Schmidt

A premissa da série é boa, mas odiei o primeiro episódio porque Kimmy era LERDA DEMAIS, daí depois do primeiro episódio o enredo melhora 100%.
Kimmy é atrapalhada e muito inocente. Ela não conhece a tecnologia, se veste como se tivesse 15 anos e isso dá o tom da comédia. Os episódios são curtinhos e bem amarrados, o elenco é maravilhoso e a história acaba sendo muito boa.
Você se pega torcendo por Kimmy, pra que ela se dê bem e que consiga se adaptar ao mundo real depois de 15 anos presa.
Aliás, ao longo dos episódios você consegue tirar algumas lições de positividade, resiliência e persistência. São bem sutis mas elas estão ali. ;)

Unbreakable Kimmy Schmidt

Seja o que você quiser e então se torne inquebrável!

Se você já viu 30 Rock, vai perceber muitas semelhanças dos tons de piada e do ritmo da série. Eu confesso que dei uma segunda chance mais porque a série é da Tina Fey (amo amo amo amo amo) do que qualquer outra coisa e não me arrependo.

A série tem uma temporada com 13 episódios, que duram aproximadamente 20 minutos e estão disponíveis no Netflix.

 

 

Aproveita e veja também:

Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo e freebies. ;)

Post Anterior Próximo Post

6 Comentários

  • Responder Isabele 18 de setembro de 2015 at 10:04 am

    Que bom que vc deu uma segunda chance e gostou. Eu comecei a assistir pelo segundo episódio. Depois que fui ver o piloto. Tb achei horrível.

    • Responder Nary 18 de setembro de 2015 at 10:14 am

      N sei pq o piloto é tão diferente do resto da série!!! Qd ela põe a mochila no chão no meio da boate eu desisti, muito idiota! kkkkk

  • Responder Lívia 21 de setembro de 2015 at 7:26 am

    Oi, Nary! Eu comecei a ver a série ontem. O piloto não me convenceu muito, não. Minha questão é que fico morrendo de dó dos personagens e acabo desistindo rs tipo quando roubam a mochila dela. Nossa, que tristeza no coração! heh Do segundo episódio já gostei mais e escolhi seguir acompanhando. Não achoq eu entrará pro meu hall das preferidas, mas é bom pra passar o tempo ^^
    Beijo!

    • Responder Nary 21 de setembro de 2015 at 8:00 am

      Eu parei de ver exatamente na parte da mochila no primeiro episódio. Que menina lerda kkkk Odeio gente lerda.
      Mas aí dei uma segunda chance a partir do segundo episódio e melhora muito. Claro que não é minha série preferida (nenhum seriado bateu Friends ainda), mas é ótima pra passar o tempo e dar umas boas risadas.

      bjsss

  • Responder Lec 22 de setembro de 2015 at 4:08 pm

    Vi a série toda e continuo me perguntando “como as pessoas amaram?” Só me apeguei ao Titus, e ainda assim não 100%. No final, o que mais gosto é a música de abertura, que gruda como chiclete na cabeça!

    • Responder Nary 23 de setembro de 2015 at 7:51 am

      Eu achei bem bonzinho sabe? Tirando o primeiro epi que é péssimooo! kkkk

    Responder