Chat Feminino
Cinema

Para Curtir: A Pele que Habito

Pedro Almodóvar é genial. E isto é aclamado em todo o mundo. Cada filme seu é considerado uma obra de arte. Sempre polêmico, os temas dos seus filmes trazem tabus. Impossível ver uma de suas películas e não sair mexido de alguma forma.

Geralmente, são dramas que desvendam o universo feminino (não necessariamente, “geneticamente” falando, afinal, para ser mulher, em seus filmes, não é preciso ter dois cromossomos X). Desta vez, o diretor resolveu enveredar por outra área, o suspense. E saiu-se maravilhosamente bem.

Em “A Pele que Habito”, Almodóvar elabora uma trama surpreendente. É a história de Roberto (Antônio Banderas, em uma atuação divina), um cirurgião plástico que perde a mulher em um acidente de carro e fica obcecado por criar uma pele “indestrutível”. Para isto, ele tem uma misteriosa cobaia, Vera (Elena Anaya, também perfeita no papel) e a ajuda de Marília (Marisa Paredes, figurinha carimbada nos filmes de Almodóvar), sua mais fiel empregada.

Nisto, Roberto tem que enfrentar seus medos, loucura, paixões e fantasmas do passado. Enquanto isso, Vera tem que lidar com as implicações de sua transformação nas mãos do cirurgião.

Confesso que fiquei muito mexida com o filme. A reação de todo mundo no cinema, quando terminou a exibição foi praticamente a mesma: incredulidade.

Que fotografia bem elaborada! Trilha sonora que reflete todo o clima da história e a edição construída em meio a flashbacks colocados nos momentos exatos. Um recurso didático, mas que não ficou nem um pouco óbvio. Personagens muito bem elaborados e atuações que fazem jus à filmografia do diretor.

Assisti com um amigo, e não conseguimos comentar muito sobre o filme quando saímo do cinema, porque ficamos meio… Sem palavras. E, somente algumas horas depois, falando com uma amiga, percebi que é possível escrever uma tese inteira só com esta obra.

É, eu realmente gostei muito e recomendo a todos. Aviso que possui algumas cenas fortes e alguns temas tabu (Classificação 16 anos). Se não estiver afim de filmes intensos, sugiro que só assista quando esitver no clima. E para quem estiver na vibe, vejam e comentem!

Beijos!

You Might Also Like...

No Comments

    Leave a Reply

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.