A invisibilidade da mulher gorda na sociedade | Chat Feminino
Beleza

A invisibilidade da mulher gorda na sociedade

Eu não ia escrever sobre isso, eu não queria, mas minha cabeça não deixava de martelar todas as palavras desse texto numa ordem desconexa e eu só consigo respirar aliviada quando o texto sai, ou não. Eu sei que várias meninas maravilhosas já falaram da invisiblidade da mulher gorda na sociedade, mas eu precisava vir aqui dar o meu depoimento, quem sabe um dia a nossa voz é ouvida.

Semana passada eu constatei, mais uma vez, gorda não se veste, ela é esquecida pela grande indústria da moda. Meu irmão vai casar em setembro e eu serei madrinha de casamento, eu sei, ainda faltam quatro meses pro casamento e daria pra estar tranquila e feliz sem precisar endoidar por um vestido, mas sendo gorda, não é tão fácil assim.

invisibilidade da mulher gorda na sociedade

As lojas simplesmente não tem meu número e olha que um 44 (um 44 de verdade, não um 44 que na verdade é 38) me veste. Imagina uma menina que veste 52, deve ser pior pra ela do que pra mim, mas a luta é de ambas, a luta para ser incluída. Nos instagrans de marcas de loja de roupa de festa só tem modelo magra, só tem vestido com recortes pra gente magra, muito magra.

Eu fico pensando se minha cunhada tivesse escolhido uma cor específica para as madrinhas, eu certamente já teria arrancado todos os cabelos da cabeça de agonia porque se já é difícil achar um 44 que me caiba de qualquer cor, imagina um 44 de uma cor específica? E se tem roupa, é roupa de senhora de 60 anos. Eu tenho 30 poxa, eu gosto de moda, eu gosto de me vestir, eu quero estar linda no casamento do meu irmão, mas as lojas e os tamanhos me fazem odiar meu corpo, me fazem achar a busca de um vestido lindo para um dia extremamente feliz, um verdadeiro suplício.

E se a busca por um vestido não fosse o suficiente para eu me sentir excluída, tem todas as outras variáveis de ser gorda. Gorda não malha. Se você me segue no instagram você vê fotos minhas na academia, eu malho, eu malho sim. Eu não amo malhar não, mas eu amo minha perna estar mais definida sim, amo ver as melhorias no meu corpo e semana passada eu ouvi: “E aí, tá gostando da academia? É a primeira vez que você malha né?” Só porque eu sou acima do peso significa que nunca pisei os pés numa academia?! Só porque meu corpo não está nos padrões estéticos impostos pela sociedade significa que eu não me exercito? PORRA! 

Gorda não namora, e se namora o cara tem que ser igualmente gordo, porque Deus me livre uma mulher mais gorda que o namorado né?
Gorda não é protagonista de novela, ela é sempre a melhor amiga solteirona e engraçada da personagem principal, porque gorda tem que ser engraçada, ja que ela não é magra né? Coitada, tem que ser engraçada pra compensar.
Gorda não transa, gorda não come salada, gorda só come fast food, gorda não tem as taxas normais, gorda tem que emagrecer, gorda não dança, gorda não ama, gorda não vai pra balada, gorda não usa vestido curto, gorda não usa biquini, gorda não vai a praia, gorda não anda de salto, gorda não usa bota cano alto (não cabe na perna, quem é gordo sabe), gorda não vai à festas de casamento, tão lindo o rosto mas se emagrecesse…

gorda. é. invisível. 

Beijinhos!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook

 

Foto: Shutterstock

 

a invisiblidade da mulher gorda na sociedade

Aproveita e veja também:

Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo e freebies. ;)

Post Anterior Próximo Post

8 Comentários

  • Responder Chell 9 de maio de 2017 at 10:57 am

    Mas Nary de deus, 44 é gorda??? O.o
    42 é o que? rssss
    44 é um número super normal gente, todo mundo quase usa 44 uahuahaua OU MAIS.
    Que bizarro não achar roupas =( triste triste.

    • Responder Nary 9 de maio de 2017 at 11:31 am

      Ah menina, é dificílimo achar roupa, ce não sabe como sofro kkkk

  • Responder fernanda 9 de maio de 2017 at 5:17 pm

    Meu que texto incrível… Maravilhoso! Pra mostrar pro mundo que todas nós somos perfeitas e não precisamos nos sentir mal com nosso corpo. E realmente é como a amiga de cima disse: 44 é o muito mais comum que 38 e é quase impossível de achar roupa… Que triste!

    • Responder Nary 10 de maio de 2017 at 1:40 pm

      Obrigada! <3 <3
      Mas sim, é complicado viver em uma sociedade que o tamanho 44 você não acha, imagina quem usa números maiores né?!

  • Responder Ana Cláudia 10 de maio de 2017 at 3:53 pm

    Ótimo texto! Eu acho que você já sabe disso, mas se tem uma coisa que eu quero sempre repetir é: o problema não é a gorda, o problema é quem insiste que tem algo errado com ser gorda.
    Quem tá errado é quem acha que todo mundo tem perna fina e veste 38. Quem tá errado é quem acha que se a pessoa é gorda, automaticamente a pessoa é doente. Poderia falar muito mais aqui, mas seu texto já disse tudo!

    • Responder Nary 11 de maio de 2017 at 8:55 am

      Oi Ana,

      concordo com tudo que você disse, o problema está mesmo na sociedade ver problemas em quem é gorda e tentar a todo custo enfiar as pessoas num padrão.
      Obrigada pelas palavras :*

  • Responder Luisa 16 de maio de 2017 at 8:47 pm

    oi Nary! Gostei muito do texto. Me identifiquei.
    Lembrei de uma loja/marca que a Ju Romano fez uma coleção de vestidos de festa .. Vestido de todos os tamanhos!
    N sei como funciona, se vale a pena comprar pela internet, mas tinha muita coisa linda. Não lembro o nome da loja, mas vc acha facilmente pelo insta dela ..

    bjs.

    • Responder Nary 17 de maio de 2017 at 8:58 am

      Oi Luisa,

      eu lembro sim, mas acho tão complicado comprar online sabe? Porque meu corpo não é violão como o da Ju por exemplo, eu sou bem larga em cima e fina embaixo, aí alguns modelos não me favorecem :/

      bjbjbj

    Responder