Chat Feminino
Viagem

[Guia de Viagem] – Ny City Pass, Metrocard e mais dicas de NY

Já fiz um guia geral de dicas sobre NY e hoje vim trazer mais informações bacanas para a sua viagem: Ny City Pass, Metrocard, como sair do aeroporto de Newark para Manhattan e mais.
Eu ia fazer esse post em vídeo, mas, ia demorar pra gravar, editar e por no ar, então resolvi fazer escrevendo mesmo e quem tiver alguma dúvida, pode jogar nos comentários tá? Eu respondo com a maior boa vontade. :)
Mas enfim, vamos lá!

Ny City Pass

Ny city Pass
Em vários posts sobre a viagem eu falei desse passe (se não leu os posts ainda, clique aqui e aqui), que te dá direito a ir em seis atrações em um período de nove dias consecutivos (a partir do primeiro dia de uso).
As atrações são pré definidas:
Estátua da liberdade OU Cruzeiro da Circle line
Observatório do Empire State
– MET
– MoMA
Top of the rock OU Guggenhein
– Museu Americano de História Natural
Dessas nós fomos em cinco (deixamos o MoMA de lado): Estátua, Empire State, Top of the Rock, MET e Museu de História Natural (aliás, o MELHOR museu! <3 ).
Compramos o passe porque fizemos as contas e saiu mais barato que comprar as atrações em separado e ainda tem a vantagem de você não precisar pegar fila para comprar o bilhete, a partir do momento que você tem o city pass, você só entra na fila pra entrar na atração e pronto.
O único momento de grande espera foi no Empire State, duas horas de fila, mas quem manda ir pra NY no verão né? A cidade estava lo-ta-da.
Enfim, compramos o passe na internet e imprimimos um voucher que foi trocado na primeira atração que fomos, no caso, o Empire State. Você pode comprar o passe em uma das atrações que aceitam o city pass também. Eu preferi comprar antecipado porque eu já gosto de viajar com as atrações pagas. #meujeitinho.
Como passamos oito dias na cidade, acho que valeu a pena o passe, facilitou nossa vida, nos livrou de algumas filas e encaixou nas atrações que queríamos conhecer. Se você não curte mais de duas atrações dessa que fizemos, é melhor deixar o passe pra lá e comprar os tickets delas separadamente. Aliás, várias vendem pela internet também. Se você for viajar no verão, aconselho a comprar os tickets antecipados. ;)

Metrocard

metrocard ny
A salvação dos nossos dias de andarilhos em NY foi o Metrocard. Compramos o cartão de metrô por $30 que dava Unlimited Ride (uso ilimitado) por uma semana e que pôde ser usado no metrô e em ônibus (o que foi ótimo porque no dia que fomos pra Williamsburg pegamos um ônibus, só sucesso!).
O cartão dura exatamente sete dias (quando você passa na catraca ele avisa o dia que vai expirar) e pode ser usado novamente em um intervalo de 20 minutos (duas pessoas não podem usá-lo ao mesmo tempo por causa dessa espera de 20 minutos).
Pra gente foi a maior economia! Cada ida no metro é $2,50 , se fossemos usar 2 metrôs por dia (ida e volta) durante sete dias, daria $35. Mas nossa economia foi bem maior porque a gente rodou demais nos dias e chegamos a pegar 4 ou 5 rides (corridas) por dia, o que dá uns $12 por dia.
Quando o cartão acabou ainda tinha um dia de viagem, aí nós compramos as single rides mesmo nas máquinas que tem dentro do metrô. Elas aceitam dinheiro e cartão de crédito.
O metrocard de sete dias ilimitados compramos num guichê na Penn Station, primeira estação de metrô que pegamos em NY, mas você pode comprar em qualquer uma e inclusive vende na máquina também.

Como sair do aeroporto de Newark para Manhattan

Chegamos em NY pelo aeroporto de Newark, que fica na cidade vizinha, Nova Jersey. O mais longe dos aeroportos e o que mais me preocupou, como iríamos pra Manhattan e depois pro Brooklyn (foi onde fiquei hospedada) lááá de NJ?
Fuçando essa internet maravilhosa de Deus e pedindo ajuda aos amigos que já foram pra NY, descobrimos a forma que conseguiríamos economizar mais (imagina pegar um táxi de NJ para o Brooklyn? Pegamos na volta e foi quase $90) e conseguir chegar em nosso destino.
Chegando no aero, pegamos o airtrain (de graça) até a parada Rail Link, lá compramos um ticket para a New York Penn Station que custou uns $13 (não lembro ao certo o valor).
Quando chegamos na Penn Station, o caos se instalou, a gente de mala de rodinha, dentro da estação que é ENORME, teve que rolar um quem tem boca vai à Roma e saí perguntando como chegava no local de pegar o trem para o Brooklyn. Depois de algumas rodadas por escadas maravilhosas (só que não) encontramos, compramos o metrocard e fomos em rumo à casa que nos hospedamos.
Não é difícil, mas você precisa ser um pouquinho orientado.

Dicas Gerais

– Não se acanhe em perguntar quando tiver dúvidas, as pessoas quando podem e sabem ajudar, elas ajudam mesmo.
– Na volta da viagem, esqueça esse rolé de metrô/airtrain, se tiver com vários amigos, pegue logo um táxi porque apesar de mais caro, você vai estar cansado e vai compensar.
– Americano ama uma comida picante, cuidado com isso.
– NY é super seca, não esqueça de beber muita água!
– E se for no verão, não esqueça o protetor solar, inclusive o labial, os lábios ficam ultra mega ressecados.
– O central park tem um app com um mapa, baixe para não se perder.
– Leve um tênis e prepare as pernas pra andar muito.

E na próxima viagem, me leva na bagagem! hahaha

Se você quiser ler todos os posts que eu fiz sobre a viagem, clique aqui

Beijinhos

You Might Also Like...

7 Comments

  • Reply
    Mari Castro
    15 de outubro de 2014 at 12:49 pm

    Nary!

    Uma coisa que eu só descobri quando cheguei em NYC e ainda foi mega por acaso. O valor dos tickets dos museus é só um valor sugerido. Você pode pagar o quanto quiser, ou também não pagar nada se não quiser. Ninguém avisa isso pra gente, mas é sim. Fui no museu de história natural com duas meninas e pagamos 10 dólares pras 3. Desse jeito fica muito mais em conta fazer os passeios… :)

  • Reply
    Marcelle
    16 de outubro de 2014 at 5:42 am

    que IN-VE-JA
    arrazada morttaaaaaaaa
    queria saber de tudo :(
    queria ter ido lá
    é meu sonho ir por enquanto estou nessa de juntar dinheiro apenas kkkkkkkkkkk
    desculpa a pergunta mas quanto mais ou menos se gasta em uma viagem internacional desse porte?
    eu nao conheço ninguem pra me informar e apesar de estar juntando dinheiro fico meio perdida
    vou olhar seus outros posts pra ver c vc fala isso lá e se fala desculpe esse monte de pergunta :)

    http://meumuraldeideias.blogspot.com.br/

    • Reply
      Nary
      16 de outubro de 2014 at 2:59 pm

      Oi Marcelle,

      depende muito do destino, valor da passagem, onde você vai se hospedar, onde vai comer, se vai em alta estação ou não (na alta os hotéis ficam mais caros), se vai fazer muitas compras.
      Se você conseguir uma promo muito boa pra NY consegue as passagens por uns 2mil, a hospedagem varia muito. Tem gente que gasta 5mil, tem gente que gasta 10mil, depende do estilo de viagem.
      Tem também que fazer passaporte, visto, seguro viagem, essas coisas custam também.
      É tudo uma grande variável de como você quer sua viagem, mas só digo uma coisa, não desista e vá em frente! Ny vale demais a pena :)

      bjs!!!

  • Reply
    Chell
    17 de outubro de 2014 at 9:16 am

    Um dos meus maiores sonhos é visitar o Museu de História Natural de NY. Deve ser demais mesmo =D

    • Reply
      Nary
      17 de outubro de 2014 at 2:17 pm

      É MUITO LEGAAAAAAL!!! Pena que fiquei pouco tempo lá, quando for separe um dia quase todo pra ele porque vale a pena. Eu escolhi a parte dos dinossauros (lóoogico) e a de um ecossistema que tem lá, é massa! <3

  • Reply
    Links da semana #22 | Chat Feminino
    20 de outubro de 2014 at 12:36 pm

    […] Ny City Pass, metrocard e mais dicas de NY aqui mesmo no blog […]

  • Reply
    Como alugar um quarto pelo AirBnb em Nova York | Chat Feminino
    3 de dezembro de 2014 at 12:37 pm

    […] e toalhas. Jeremiah (o hostess) foi super solícito e tirou todas as minhas dúvidas. Me ensinou como chegar no Brooklyn vindo do aeroporto de Newark e ainda deixou a gente chegar antes do acordado no perfil do air […]

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.