Gilmore Girls: Um ano para recordar | Chat Feminino
Comportamento, Seriado

Gilmore Girls: Um ano para recordar

Tanto eu quanto a Anne somos fãs de Gilmore Girls e semana passada a Netflix lançou um revival da série chamado “Um ano para recordar” e é sobre esse revival que falaremos aqui hoje. Aviso logo que o post está cheio de spoilers, se você ainda não assistiu, leia por sua conta e risco. ;)

gilmore-girls-winter-alexis-bledel-lauren-graham-netflix-horizontal-2016

Deixamos Stars Hollow em 2007. Rory estava formada em jornalismo pela Yale, tinha acabado de recusar o pedido de casamento de Logan (burra, diga-se de passagem #TeamLogan) e não tinha passado no estágio/emprego do New York Times e estava indo trabalhar na campanha de Obama. Lorelai, estava com Luke, #finalmente #amémirmãos, tinha aberto a Dragonfly com sua amiga Sookie e tudo estava bem e feliz.

Nove anos depois, muitas perguntas ficaram no ar. Seria Rory uma jornalista famosa maravilhosa? Lorelai e Luke continuariam juntos? E Emily? E SookieMuitas perguntas, muitas dúvidas e muita ansiedade para o dia 25 de novembro e os quatro famigerados episódios de 1h30 de duração.

 

Aí o que acontece? Rory com 32 anos e frustrada profissionalmente, falida, stressada, sem rumo e burra, eta menina burra. Ela recebe algumas oportunidades de emprego e apenas esnoba, ficando fixa em uma possível entrevista de emprego com a Condé Nast (grupo internacional de publicação de revistas). Claro que quando dá tudo errado na tal reunião, ela volta atrás pra entrevista com o site que ficava em seu pé e fuen, acaba sendo tudo uma bosta. Mas isso é o de menos, Rory apenas tem um caso com quem? Isso, com Logan. Um caso, pois ela namora um pamonha mais sem sal que comida de hipertenso e Logan tá noivo de uma moça que nem aparece no seriado.

Meldels porque tão demente?

 

Lorelai está sempre completamente louca, com Sookie fora da Dragonfly (acho que rolou isso no roteiro porque a agenda da Melissa McCarthy era bem cheia e não deu pra gravar quase nada, aliás, que triste isso) ela enxotava to-dos os chefs que iam fazer seus restaurantes pop-up na pousada. Ah, se você assiste Food Network identificou a maioria dos chefs citados e deu pulinhos quando a Rachel Ray apareceu. heh

E o Luke, bem, estava ranzinza como sempre, trabalhando no Luke’s e morando com a Lorelai <3 Aliás, ele foi o personagem que eu mais curti ver no revival, adoro Luke e as chatices dele.

Os quatro episódios foram divididos pelas estações do ano, ou seja, cada episódio englobava três meses. O episódio de inverno começou e toda aquela nostalgia voltou, com as garotas Gilmore andando pela cidade, fazendo o tour das novidades do local. <3 Muito amor! Aliás, Lauren Grahan não envelheceu na-da. #invejas 

O revival conseguiu juntar quase todos os personagens, fiquei incrível com isso. Teve Ms Patty, Kirk e toda a trupe da cidade. Teve Logan, Jess, Michel, Dean, Emily, Chris e até o pai do Logan aparece. É tipo reunião de escola com todas as pessoas legais ali juntas. <3

Nessa temporada a gente percebe o quanto Emily é a melhor garota Gilmore, o quanto ela é foda e completamente maravilhosa, apesar de todos os pesares. Aliás, é bem triste a cena do velório do Richard :~  (o ator morreu em 2014).

No caso, os quatro episódios são muito bons mesmo, eu fiquei super feliz e nostálgica vendo, mas o final me deixou super decepcionada. Se você acompanhou GG na época que a série passava, soube que os criadores da série Amy Sherman-Palladino e Dan Palladino  não fizeram a sétima temporada e o final não foi bem como a Amy queria, com as quatro palavras finais que ela tinha programado o final de Gilmore Girls. Inclusive ela disse que o revival fecharia a série como ela tinha planejado acabar em 2007. Estava todo mundo ansioso pra saber que palavras eram essas e no final, depois de Lorelai ter casado com o Luke em uma das cenas mais lindas do seriado todo, estão Lorelai e Rory sentadas no gazebo da cidade e segue o diálogo:

“Mãe”, diz Rory.

“Sim”, responde Lorelai.

“Estou grávida.”

E fim. E acaba!!!!!!!!! E eu fiquei um tempão xingando a tv por isso!!! MELDELS PRA QUE ISSO?

giphy-14

Eu queria um fechamento, um encerramento de ciclo e não um eterno retorno. Rory grávida de Logan (sim, só poderia ser dele) e Jess na vida dela como o Luke. Inclusive, Jess teve o maior crescimento em toda a série, o personagem dele evoluiu, passou de um rebelde sem causa para um cara centrado maravilhoso mentor da Rory. Eu fiquei querendo outra temporada, sim! Vai ter? Não sabemos.

O que parece é que a Rory vai repetir a história da Lorelai, vai criar o filho sozinha e o Luke da vida dela é o Jess. Eu gostei disso? Não. Mas o revival é uma delícia de assistir, o que fode é esse final mesmo. De resto, É Gilmore Girls, é amor! <3

Mas ah, tivemos pontos altos na série tá?

  • A cena com a música dos Beatles na versão de Across the Universe
  • O casamento de Lorelai e Luke
  • Rory finalizando o livro sobre a história dela e da mãe
  • Lorelai ligando pra Emily e contando o melhor momento dela com o pai
  • Paris fechando a porta do banheiro com o pé

Você amou o final? Odiou? Conta nos comentários!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook | Snapchat: naryleandro

Aproveita e veja também:

Assine a nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo e freebies. ;)

Post Anterior Próximo Post

Nenhum Comentário

Responder