Chat Feminino
Beleza Saúde

Dos 30 anos.

No setor em que trabalho sou a mulher mais nova. E não é mérito pela idade, mas pela quantidade de pessoas mesmo: somos em seis, sendo três mulheres e três homens. Sorte a minha que convivo com duas mulheres de diferentes idades, com momentos diferentes de vida, que me aconselham e abrem minha cabeça de diversas formas e se divertem com as minhas aventuras que para elas são de gente jovem. Para constar, minha chefe chama-me de “meu bebê”, mesmo não tendo 40 ainda e eu com quase 25.
E dentre os milhares de assuntos que conversamos todos os dias, tenho acompanhado a crise delas com o tal dos 30. Na verdade, com o ganho de peso e a dificuldade em mandá-lo embora após os 30.
Imagino que a maioria das leitoras do C-F não tenham completado 30 ainda. Mas como o C-F é um lugar democrático e um dia chegaremos lá meninas – ao não ser que inventem uma pílula que pare o tempo – então vamos entender um pouco sobre isso e acreditar, existe uma solução!

A constituição física da mulher não ajuda muito no nosso metabolismo – temos mais tecido adiposo (gordura) no corpo que os homens. Com o tempo, a situação fica ainda pior. A massa magra tende a encolher, dando lugar à temida gordura, e os quilinhos a mais vão se acumulando. O processo se agrava mesmo a partir dos 30 anos.
A substituição gradativa de músculos por gorduras tem ainda outro efeito sobre o funcionamento do organismo: desacelera o metabolismo, diminuindo, conseqüentemente, a velocidade do gasto calórico. Além do próprio envelhecimento celular, a produção dos hormônios sexuais e do crescimento – que influenciam no processo de constituição e manutenção da massa magra – sofre alterações importantes.
Segundo os especialistas, a melhor maneira de reagir aos efeitos do tempo é justamente buscando meios de promover um gasto calórico mais elevado, capaz de mandar embora as gordurinhas acumuladas, ajudando, ainda, a recuperar a massa muscular perdida. Tão importante quanto adotar uma rotina de exercícios é investir num cardápio balanceado no dia-a-dia. Isso significa fornecer o aporte de energia necessário de acordo com o seu gasto calórico, nem mais, nem menos. Mas não basta preocupar-se apenas com a quantidade. A qualidade do que se coloca no seu prato também é fundamental.
Como sempre meninas, boa alimentação e exercícios físicos para a saúde e boa forma estão sempre na moda, sempre in!

Fonte: Dieta Já.

You Might Also Like...

4 Comments

  • Reply
    Florina Fernandes
    24 de fevereiro de 2009 at 7:02 pm

    Ola, hoje pela 1ª vez estou no vosso site é espectacular.
    Tenho 31 anos e acho que muitas mulheres dão a desculpa da idade e da gravidez para não se cuidarem. O mal é ganhar peso, depois leva muito tempo para voltar á linha. Tem que ter muitas regras na alimentação e exercício.
    Obrigado e até a proxima.
    Já agora deu para reparar que sou portuguesa?
    Beijinhos

    • Reply
      Nary
      26 de fevereiro de 2009 at 4:47 pm

      Oi Florina,
      agradecemos pela visita e ainda mais vindo de tão longe.
      E sim, acho que temos que nos cuidar sempre.

      Beijinhos

  • Reply
    Regina Helena
    15 de maio de 2009 at 8:43 am

    Oi, venho mais uma vez neste chat, expressar minha opinião, sempre fui magra, mas de pois de duas cesíreas que me deixaram duas filhas lindas, também ganhei uns quilinhos a mais, muitas vezes ficamos sem tempo e condiçoes de nos cuidar como manda a regra, mas mesmo assim continuo tentando voltar ao que eu era antes.

  • Reply
    licia de cassia meireles pedrosa
    24 de maio de 2009 at 11:08 am

    oi, eu já passei dos 30 e adoro o CF, não tenho crise quanto a idade, so crise financeira já que sou compulsiva por bolsas, mas abafa o caso.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.