Beleza Archives | Chat Feminino
Por Categoria

Beleza

Cabelos

Vamos falar de curvatura dos fios do cabelo?

A Nary já falou aqui no Chat Feminino sobre cronograma capilar, deu dicas de produtos mara pros fios e máscaras baratinhas de hidratação, nutrição (e umectação) e reconstrução para ninguém reclamar que não tem dinheiro pra fazer, maaaaaas se você não souber a curvatura dos seus fios você pode não estar aproveitando 100% o que os produtos podem fazer por você, amiga!

Quanto mais a indústria se volta para o atual nicho de mercado bombado que são os cachos e crespos, mais produtos temos nas prateleiras e alguns deles são específicos para certas curvaturas. Então, é bacana você saber qual o tipo da sua cabeleira para poder mirar exatamente nos shampoos, condicionadores, máscaras e cremes para pentear para que você possa conseguir extrair o melhor resultado possível.

Curvatura dos fios do cabelo

A verdade é: seu cabelo nunca terá apenas um tipo de estrutura de fio. Já vi relatos de gente que possui até 4 tipos de curvaturas (tipo, a da nuca é um, no topo da cabeça que é o que mais recebe a ação das impurezas, outro e por aí vai). Então a regrinha é observar o que predomina. Eu, por exemplo, já identifiquei 3 curvaturas no meu cabelo, mas eu sou predominantemente 3A. E o que é isso? Então vem:

O tipo dos fios e suas subdivisões

Tipo 1 – LISO

no cabelo tipo liso, a curvatura da raiz às pontas, volume e o temido frizz são praticamente inexistentes.

Tipo 2 – ONDULADO:

os cabelos do Tipo 2 podem até parecer para muitos que são cabelos lisos, mas aqui já começam a surgir as primeiras ondas em formato “s” no comprimento e pontas só que a raiz ainda sem mantém lisa. O frizz já começa a dar as caras e é um tipo de cabelo super difícil de modelar. Por possuir ondas, há risco de ressecamento nas pontas. A partir de agora a gente subdivide os cabelos do jeitinho que a gente vê nos rótulos dos produtos. É só manter em mente: quanto mais próximo do A, mais próximo da categoria anterior desde a raiz. Mais próximo do C, mais próximo da próxima categoria.

Tipo 2A: ondulações super leves, pode até passar a impressão de fio liso, mas é possível ver que os fios não são 100% retos.
Tipo 2B: raiz lisa e se vê ondulações em “s” pela extensão dos fios até às pontas.
Tipo 2C: fios mais grossos, ainda de raiz lisa e com ondas em “s” mais marcadas, mas não chega a fazer o cacho.

Cuidados: quem é do Tipo 2 precisa se ligar muito na quantidade de produto para não pesar os fios. Se gosta de deixar as ondas mais marcadas, investir em gel, spray e mousse, sempre amassando para ativar as ondas.

Tipo 3 – CACHEADO:

o Tipo 3 possui cachos definidos e com tendência ao ressecamento já que quanto mais ondinhas e cachinhos, mais difícil a oleosidade natural da raiz chegar às pontas. Dizem que é o tipo mais “chatinho” de se lidar porque não tem uma definição por conta própria e risco de deixar aquele volumão sem forma.

Tipo 3A: cachos maiores, espaçados, alguns bem definidos já em formato de espiral. A raiz pode ser lisa.
Tipo 3B: cachos em espiral mais definidos (alguns mais fechados, outros mais abertos) por toda a extensão do cabelo. Raiz mais ondulada.
Tipo 3C: cachos em espirais fechados, definidos, mais grossos e bem próximos uns dos outros.

Cuidados: as cacheadas do Tipo 3 precisam dar atenção à nutrição dos fios já que devido aos cachos, a oleosidade natural não chega em toda a extensão dos fios. Recomenda-se a técnica da fitagem para ativar bem os cachos dando aquela definição que toda cacheada gosta. Lavagens 3x na semana são o ideal e, se possível, com shampoo sem sulfato (técnicas Low Poo/No Poo) para evitar ainda mais o ressecamento.

Tipo 4 – CRESPO:

o Tipo 4 são os cabelos crespos. Volumão e fragilidade são características visíveis já que tendem ao ressecamento pela dificuldade da oleosidade natural chegar ao comprimento do cabelo.

Tipo 4A: fios bem enroladinhos desde a raiz com cachos apertados. Finos e sensíveis.
Tipo 4B: fios enroladinhos desde a raiz com cachos beeeeem pequeninos e volumão.
Top 4C: fios já em padrão “z”, com cachos super estreitos, bem juntinhos e com encolhimento de até 75% do seu tamanho original.

Cuidados: como é o tipo que mais precisa de atenção no quesito ressecamento, aconselha-se a diminuir as lavagens e, assim como no Tipo 3, investir em shampoos sem sulfato (técnica Low Poo/No Poo). A técnica pé-poo, ou a pré- lavagem, também é recomendada.

Entendendo visualmente

A Nary chegou a postar um álbum no Instagram para mostrar visualmente os tipos de curvatura. Saca só:

Pronto. Agora é hora de correr pro espelho, dar aquela olhada e chegar a um “diagnóstico”. Lembrando que se você está com cabelo detonado, sem forma, vai ser difícil definir seu tipo de curvatura. Se joga no cronograma capilar com produtos liberados para todos os tipos de fios e depois volte a observar os fios.

Fonte: Cacheia
Foto: Shutterstock

Curvatura dos fios do cabelo
Cabelos

App Meu Cronograma Capilar

Eu sou a louca dos aplicativos! Comprei um celular com mais memória só pra poder encher de fotos e apps sem precisar me preocupar com espaço na memória, só pra vocês terem noção da doidera. rs E passeando por essa internet de meu Deus encontrei um app muito legal pra quem faz cronograma capilar. Logo baixei e comecei a testar. E é sobre ele que vim falar hoje aqui o app meu cronograma capilar.

App - Meu Cronograma Capilar

Passei um mês testando o bichinho pra poder trazer todos os prós e contras direitinho aqui no blog pra vocês!

O app é simples e intuitivo, logo ao abrir você vai ver uma tela pra fazer um quiz para que o app possa montar o seu cronograma. Você vai tirar um fio do cabelo e colocar na água e seguir respondendo as perguntas do app, no final o seu cronograma para um mês está montadinho!

O mais legal é que quem não tem nem noção de como montar o cronograma, basta responder as perguntas e voilá, cronograma montado. ;)

App Meu Cronograma Capilar

Algumas das perguntas do quiz do app Meu Cronograma Capilar

Quando você clica em gerar meu cronograma capilar ele monta uma agenda de um mês, com lavagens 3 dias por semana, bem como o cronograma deve ser seguido mesmo. No app você pode setar um alarme para que ele apareça no celular, te lembrando da etapa do cronograma que você deve fazer no dia.

Outra coisa interessante é que você pode mudar a data de fazer a etapa. Eles não recomendam isso, mas eu fiz e foi de boas, não alterou em nada no resultado final do meu cabelo não. Agora vamos à listinha de prós e contras do app. Vem comigo!

App Meu Cronograma Capilar – Vale a pena?

Prós

  • Intuitivo, é tudo muito fácil de usar, você marca as etapas que fez e ele passa pra outra sem nenhum problema.
  • Completo, achei bom deles fazerem um quiz mais completinho antes de você montar o cronograma de qualquer jeito. De acordo com as características que você vai respondendo, eles dizem se seu cabelo precisa mais de nutrição, hidratação ou reconstrução.
  • Facilidade, é ótimo ter o cronograma montado pra você rapidamente.

Contras

  • Às vezes as notificações vinham erradas. Ex: era dia de nutrição e no bannerzinho que aparece na tela bloqueada do celular dizia que era hidratação. Eu sempre ia checar dentro do app pra ter certeza e não fazer nada errado. rs
  • Tem algumas propagandas chatas, na versão free. Mas você pode comprar a premium e tirar os anúncios. ;)

 

No final das contas ele vale muito a pena! Eu finalizei o primeiro mês semana passada e meu cabelo tá aqui lindo leve e solto. Essa semana vou refazer o quiz e começar um novo cronograma. ;)

Beijinhos!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook |

 

Foto: Shutterstock

App Meu Cronograma Capilar
Cabelos

Hidratação com glicerina para os cabelos

Quem nunca fez uma receitinha caseira pra melhorar o aspecto da pele ou do cabelo né? Essas belezinhas ajudam demais a manter a rotina de beleza em dia e o melhor, são super baratinhas. Hoje vim ensinar a fazer hidratação com glicerina nos cabelos pra você dar tchauzinho pro ressecamento dos fios e ficar sempre bela!

Hidratação com glicerina contra o ressecamento capilar

O que é glicerina?

Vamos lá, glicerina é um subproduto obtido a partir da fabricação do sabão. É um composto químico umectante, ou seja, absorve a água do ambiente que está, por isso é boa para hidratação, porque ela vai levar água para o seu cabelo. Ela pode ser de origem animal ou vegetal. Se você comprar glicerina bi-destilada, saiba que ela é de origem animal tá?

Liberada para as técnicas de No Poo e Low Poo.

Glicerina – Cuidados

Como falei acima, a glicerina é umectante, tirando a água do ambiente, ou seja, extrai a umidade. Se você mora em um local úmido ela vai extrair a água do ambiente para o seu cabelo, mas se você mora em local seco o efeito vai ser ao contrário, então, tome cuidado tá? ;)
Se o seu cabelo está poroso, o excesso de água pode prejudicar os fios, portanto, certifique-se sempre de que seus fios estão precisando de hidratação.

Leia mais: O que é cronograma capilar

Benefícios da glicerina

Mas claro, se eu to aqui escrevendo sobre essa belezinha, significa que a glicerina traz altas coisas positivas para o seu cabelo não é?! É sim!

Ela diminui o frizz, retém a umidade dos cabelos tornando-os mais fortes e para as cacheadas ele mantém o cacho firme por mais tempo. Sucesso garantido hein?!

Hidratação com glicerina – Receitas!

Agora vamos as receitinhas, trago duas hoje!

Receita 1

hidratação com glicerina

Essa é a que eu geralmente faço. Misturo num potinho um pouco do meu creme de hidratação (to usando esse aqui da salon line), um pouco da glicerina e bepantol (qualquer d-pantenol serve tá?).

Deixe agir de 3 a 5 minutos no cabelo, enxague e finalize como de costume.

Chamo de hidratação turbinada porque a bicha deixa os fios incríveis viu! Deixo sempre o tempo no cabelo que a própria máscara de hidratação indica tá?

Veja também: Cronograma Capilar – Máscaras para hidratação

Receita 2

Misture uma colher de sopa de glicerina com um copo de água, passe nos cabelos (couro cabeludo e comprimento) e deixe durante 20 minutos. Enxague e finalize como de costume.

;)

Olha como meu cabelo ficou depois da hidratação turbinada:

Resultado da hidratação de hoje: cabelinho maciooooo e mega brilhoso! #amomeucabelo

Uma publicação compartilhada por Chat Feminino | Nary Leandro (@chatfeminino) em


To cheia de receitinhas aqui pra testar e compartilhar com vocês.

Beijinhos!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook |

 

Foto: Shutterstock

Hidratação com glicerina para cabelos ressecados
Cabelos

10 erros que você pode estar cometendo ao lavar os cabelos

Não adianta querer um cabelão bonito e arrumado se a rotina é entrar no banho, tacar shampoo e condicionador, enxaguar e secar. Como qualquer coisa nessa vida, é preciso se dedicar um pouquinho para que algo saia como a gente quer. E assim é o cuidado com os fios dentro e fora do box.

A gente não está propondo que você gaste horrores de dinheiro, de tempo e ficando neurótica com o que pode e o que não pode fazer, mas detalhes super simples incorporados ao seu dia a dia já fazem uma enorme diferença. Tipo: será que você não comete alguns desses errinhos aí embaixo? Se sim, eles podem ser o motivo pelo qual os seus fios não se comportam como você gostaria. Que tal prestar atenção?

Erros ao lavar o cabelo

1- Água muito quente ou muito gelada

A gente sabe que água quente faz mal para os fios do cabelo, mas teimamos, não é? A água quente deixa os fios mais sensíveis e com as cutículas super abertas. Além disso, desregula o funcionamento das glândulas responsáveis por liberar a oleosidade natural. O resultado são fios ásperos, sem movimento, ressecados com tendência a quebra e oleosos. No entanto, não acredite que desligar completamente a água quente irá lhe dar o fio dos deuses. A água extremamente gelada não deixa que as cutículas se abram para receber o tratamento.

Então a dica é moderação: se você não abre mão de um banho quentinho, deixe a água morna para a lavagem e esfrie um ainda mais depois do uso do condicionador para ajudar a fechar bem as cutículas dilatadas. Nem 8, nem 80.

2- Usar produtos não apropriados para o seu tipo de cabelo

Comprar qualquer produto certamente não irá fazer bem aos seus fios. Parece besteira, mas tem gente que não presta atenção e compra pelo cheiro ou porque a amiga recomendou. Mas pense bem: se você tem um cabelo oleoso e está usando um shampoo para cabelos mistos ou secos, certamente a sua oleosidade excessiva não está sendo sanada. Assim como cabelos secos que são tratados com produtos para fios mistos, por exemplo.

E não estamos falando apenas de linhas voltadas para secos ou oleosos etc. Cabelos lisos correm o risco de quebrar com mais facilidade e sentem mais se usarmos produtos em excesso, os cacheados e crespos tem maior tendência ao ressecamento, os alisados quimicamente são super sensíveis. Saber a necessidade do cabelo é o pulo do gato. Para isso, basta prestar um pouco atenção. Adotar um cronograma capilar te ajudará bastante a não esquecer o básico.

3- Ordem dos produtos

Shampoo, condicionador, tratamento, correto? ERRADO! Para você nunca mais errar na ordem pense que o shampoo abre suas cutículas e retira toda a impureza do dia a dia, o tratamento vai penetrar no fio com as cutículas abertas e absorver todo o benefício da máscara e o condicionador vai selar essas cutículas mantendo o tratamento absorvido pelo cabelo. ;)

4- Passar shampoo no comprimento

Cabelo é célula morta então por que passar shampoo no comprimento e pontas? Ainda mais se os fios sofrerem de ressecamento, falta de brilho e pontas duplas? Shampoo no couro cabeludo apenas, amiga! E não adianta tacar lá, esfregar e pronto. Massageie para que o shampoo possa retirar todas as impurezas sem agredir o couro cabeludo e leve a espuma formada delicadamente para o restante do cabelo – também sem esfregar. Retire todo o produto antes de passar para a próxima etapa. Lembrando que: para cabelos com tendência ao ressecamento o ideal é que seja feito o uso de shampoo sem sulfatos. Se você faz uso de shampoo com sulfato, não precisa se desesperar. Dilua o produto com um pouco de água antes da aplicação para minimizar o efeito do detergente.

5- Colocar as mãos direto no pote de máscaras

Você já tomou cuidado com a temperatura da água, comprou os produtos certos e passou o shampoo apenas na raiz, aí mete a mão no pote da sua máscara preferida. Péééé! Errado! Você sabia que o nosso suor e as bactérias presentes nas nossas mãos podem mudar a estrutura e pH de um produto? Dependendo do caso, o creme pode até oxidar e logicamente perder todo o seu efeito. Você já reparou que alguns cremes para o rosto vem já com uma mini-espátula? Então, o raciocínio é o mesmo para produtos de cabelo. Para a retirada do creme do potinho, o ideal é usar uma espátula ou até mesmo o cabo do seu pente. Ah, colheres de metal também são proibidas!

6- Condicionador na raiz

Grave aí: shampoo para a raiz, condicionador para comprimento e pontas. Usar condicionador no couro cabeludo pode deixar ele ainda mais oleoso e provocar descamação (alô caspas!). Se você possui cabelo oleoso, nem pensar né?

7- Esfregar o couro cabeludo

“Você responde bem quando alguém te aborda sacudindo?”. Eu ouvi isso de uma dermatologista sobre como a gente costuma agredir nosso couro cabeludo na hora do banho. Esfregar o shampoo com força ou até passar  unha na aplicação do shampoo pode machucar o couro cabeludo aumentando a produção de óleos. Movimentos circulares e suaves sempre, como uma massagem mesmo. Se mime!

8- Deixar resíduos

Sei que às vezes a gente está com pressa e não presta atenção nesses detalhes, mas você já reparou se retira bem um produto antes de aplicar outro nos seus fios? O acúmulo de resíduos pode deixar o cabelo opaco, sem vida, frágil (principalmente as pontas) e, claro, pode não permitir a entrada adequada de todos os óleos, águas e hidratantes que os produtos oferecem. Sabe aquela conversa de que o “cabelo se acostumou com alguns produtos”? Então, vem exatamente desse acúmulo. Os fios passam simplesmente a não responder mais aos cremes que você utiliza. Por isso se fala tanto no uso de shampoos antirresíduos a cada duas ou três semanas.

9- Esfregar a toalha nos fios

Confesso que essa é uma dica que até minha avó falava, mas a pressa é inimiga da perfeição, né? Acabou o banho, você tem que se arrumar, passa a toalha rapidinho e pronto. Pééé de novo. Errado! Esfregar a toalha e torcer os fios só deixa o cabelo mais fragilizado. O ideal é dar leves apertadinhas, sem esfregar, levantando a toalha entre um pedaço e outro do cabelo. Para as cacheadas/crespas que tem pavor de frizz, esqueça a toalha felpudinha. Use uma camiseta de algodão ou toalha de microfibra para secar os fios.

10- Dormir de cabelo molhado

Essa a gente sabe desde criança, né? Nossas mães e avós usavam o velho argumento de pegar uma gripe, mas depois de ler todo esse texto você deve ter percebido que os problemas de dormir com os fios molhados pode ir além. Molhados os fios estão no máximo da sua elasticidade então movimentos bruscos podem fazê-los se romper. Além disso, o contato abafado dos fios com o travesseiro ajuda a proliferar doenças alérgicas e seborreia, a famosa caspa. O cabelo demora 8 horas para secar por completo (incluindo o couro cabeludo) então dê preferência para a lavagem de manhã. Se não for possível e você tiver que lavá-lo à noite, inclua um protetor térmico na sua finalização e parta para o secador/difusor.

 

Fez ou faz algum desses errinhos? Que tal repará-los para ter sempre os fios saudáveis?!

10 erros que você poder estar cometendo ao lavar os cabelos
Cabelos

Máscara Hidratação Poderosa Pra Arrasar – Salon Line

Quando eu decidi fazer transição capilar procurei alguns produtos que fossem me ajudar nessa etapa e encontrei essa máscara da Salon Line, a Hidratação Poderosa Pra Arrasar, que estava num precinho bom na loja e era indicada pra quem estava em transição, comprei. Acontece que abandonei a transição capilar e segui com a máscara em casa. Como eu não to rica ainda, pra deixar de usar um produto que não estava nem na metade, continuei usando-o e hoje vim trazer a resenha dele. ;)

Então segura na minha mão e vem comigo!

O produto: Máscara Hidratação Poderosa Pra Arrasar

Máscara Hidratação Poderosa Pra Arrasar - Salon Line

A máscara hidratação poderosa pra arrasar, como o nome já diz, se encaixa na etapa de hidratação do cronograma capilar, ou seja, ela é composta por ativos que devolvem água aos fios, que perdemos naturalmente e/ou com ação de sol, produtos químicos, secador, chapinha e afins. De acordo com a Salon Line ela possui uma textura incrível, e é super hidratante, ajudando no desembaraço dos fios.

Ela não possui sultfato, parabenos, silicones e óleo mineral, ou seja, é liberada para a técnica de Low Poo. Ainda de acordo com a marca, ela possui quatro ativos hidratantes principais:

 

Manteiga de Oliva: hidrata profundamente os cabelos a longo prazo.

Óleo de coco extra virgem: rico em vitaminas E e ácidos graxos.

Óleo de Rícino: ação fortalecedora e auxilia no combate da queda por quebra.

D-Pantenol: proporciona hidratação de longa duração, maciez e brilho.

Ela está disponível no mercado em dois tamanhos: 500g e 1kg. Indicada para cabelos em transição, ondulados, cacheados, crespos e crespíssimos.

A máscara vem em uma embalagem bem colorida e possui tampa de rosquear. A identidade visual é similar aos outros produtos da linha #todecacho da Salon Line e confesso que me confunde um pouco.  rs

O que eu achei: Máscara Hidratação Poderosa Pra Arrasar

Máscara Hidratação Poderosa Pra Arrasar - Salon Line

Comprei o produto na época da transição, como falei lá no início do post, e confesso que de cara não curti. Meu cabelo não ficava tão bonito quanto eu achava que era pra ficar e a máscara não derretia no cabelo, o que acontece com várias máscaras de hidratação que eu já testei. Fiquei bem chateada usando-o, porque afinal, é um produto feito pra atender as necessidades do meu cabelo naquela época.

Depois de algumas vezes usando percebi um erro que eu mesma estava cometendo ao usar o produto: eu estava usando menos produto que o meu cabelo precisava. Minhas madeixas são super compridas e isso requer um pouco mais de creme e eu tava usando bem pouco. Quando corrigi esse erro, passei a gostar mais da máscara.

Depois que alisei, continuei usando-a, sei que não é o produto ideal pra mim, mas eu que não ia jogar fora um pote cheio de creme né?. Claro que os resultados no cabelo alisado não são incríveis, mas são muito satisfatórios sim!  Ele fica hidratado e bem macio, ainda acho que ele poderia derreter mais o cabelo, mas aí é uma coisa bem pessoal né?

O produto é bem emoliente ao toque, mas não é molenga demais. O cheiro é bem agradável e não enjoa. Para quem faz Low Poo, a máscara é liberada e ela é super acessível! Paguei menos de R$15 na embalagem de 500gr. Achei bem digno esse valor! ;)

Leia também: Cronograma Capilar – Máscaras de Hidratação

Composição: Máscara Hidratação Poderosa Pra Arrasar

Aqua, Cetearyl Alcohol, PEG-90M, Behentrimonium Methosulfate, Glycerin, Cetrimonium Chloride, Hydrogenated Vegetable Oil, DMDM Hydantoin, Parfum, Disodium EDTA, Citric Acid, Ricinus Communis Seed Oil, Cocos Nucifera Oil, Olea Europaea Fruit Oil, Elaeis Guineensis Kernel Oil, Panthenol, Methylchloroisothiazolinone, Methylisothiazolinone, Linalool.

 

Beijinhos!

Siga nossas Redes Sociais ⇒ Instagram  Twitter | Facebook |