Chat Feminino
Comportamento

A vida não é como a gente quer e isso não é um problema

De uns anos pra cá eu parei de fazer metas no final do ano para cumprir no ano seguinte. Tomei isso como única resolução: não ter resoluções irreais.  Muitos podem achar que eu estou sendo desorganizada, fraca, ou indo com a maré. De alguma forma pode ser isso, mas acaba cortando algumas frustrações que podem acontecer no meio do caminho e nos deixar pior bem pra baixo. E convenhamos, ninguém quer ficar pra baixo né?

Vida

Foto: Ubackdrop

Tem coisa mais desagradável que estabelecer um objetivo, traçar metas, focar, começar a trabalhar naquilo ali e a vida chega e diz: aqui não queridinha, isso aqui vai ser do meu jeito. Tem não viu. Eta negócio chato.

Eu já passei inúmeras vezes por situações assim e sempre saia com aquele sentimento de frustração, derrota e cansaço. Afinal, eu trabalhei, me empenhei e aquilo ali não foi pra frente. Que merda né? Depois de tanta cabeçada eu decidi: Quer saber? Sem metas longas, vamos aqui dando passos pequenos e construindo aos pouquinhos a vida, dia após dia.

Os coachs motivacionais nesse momento estão todos me xingando ao ler isso, mas calma amigo, tem fundamento, ou talvez faça sentido na minha cabecinha louca.

Quando eu comecei no projeto de emagrecimento ano passado eu tive a primeira reunião com o personal trainer e ele mesmo já vetou vários exercícios por causa de inúmeras limitações no meu corpo. Na minha cabeça eu ia começar na academia, malhando, sendo foda e emagrecendo 20kg em seis meses.

Mas sabem o que aconteceu? Eu comecei a nadar no mar porque não podia puxar ferro, não podia correr, não podia fazer zumba nem mais um monte de exercícios aeróbicos e comecei o pilates pra fortalecer. Quando eu estava pegando gosto pela coisa, veio a vida e disse: não queridinha, não vai mais nadar não. Toma uma bursite no seu ombro aí.

Veio a bursite, natação cancelada. FUEN.

Fui pra hidroginástica (e segui no pilates) e comecei a pegar condicionamento, fortalecer, melhorar os tendões e meses depois: finalmente academia! Consegui malhar uns 2 meses e meio de seis do projeto e dei o meu máximo, era tudo que tinha e eu me dediquei ali, muito.

Emagreci os 20kg em seis meses? Não! Emagreci 12kg e poderia estar frustrada, stressada, nervosa e triste por isso. Mas no final, estou feliz, realizada e agradecida por tudo que aconteceu.

Eu não atingi a meta que estabeleceram pra mim (não fui eu quem estabeleci os 20kg, pra deixar claro), mas atingi a meta que eu mesma estabeleci: minha felicidade. Aprendi a comer melhor, cortei vários alimentos que não me faziam bem e dou muito mais atenção à minha saúde agora.

Tanto que no meio dessa saúde toda, numa consulta da endocrinologista ela passou uma ultra da tireóide, encontramos um nódulo, fui a um médico de cabeça e pescoço, fiz uma punção, o nódulo era maligno (shit), operei e hoje, quase dez dias depois to aqui escrevendo isso pra vocês.

Nada disso foi planejando (nem o curso desse post) ou querido por mim. Mas aconteceu e eu tive que aprender a lidar com todos os percalços no meio do caminho e tirar lições no meio disso tudo.

A vida meus amores, ela não é como a gente quer. Mas ela pode ser boa sim.

You Might Also Like...

6 Comments

  • Reply
    Isabele
    3 de março de 2016 at 9:32 pm

    A vida é uma caixinha de surpresas. E só nos resta saber gerenciar da melhor forma possível os presentinhos que ela vai soltando aqui e ali.
    Tudo de bom pra ti. 😘

    • Reply
      Nary
      3 de março de 2016 at 9:53 pm

      No fim a gente tem que aprender mesmo a gerenciar tudo, como você disse.
      :*

  • Reply
    Vy
    5 de março de 2016 at 8:22 pm

    Caraca, ainda bem que deu pra operar, né! Alias, ainda bem que você tava acompanhando com médico, já pensou se não estivesse, nunca que ia fazer um exame desses por nada. Como diz a Susan Miller (minha deusa, haha), tudo tem uma razão, os astros trabalham pra te ajudar, haha!

    Se cuida ;)

    • Reply
      Nary
      6 de março de 2016 at 7:13 pm

      No caso a operação era a cura. Ainda bem que o nodulo era pequeno. E sim, agradeço todo dia por estar em acompanhamento e ter achado isso cedo. :)

  • Reply
    Jessica Alves
    10 de julho de 2019 at 11:45 am

    Você tem toda razão Nary, obrigada pelas dicas.

    • Reply
      Nary
      22 de julho de 2019 at 11:21 am

      Que bom que gostou do texto! :D

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.