Chat Feminino
Saúde

5 coisas que aprendi com a reeducação alimentar

Se você caiu no blog agora e não sabe, estou fazendo reeducação alimentar (tem um post sobre isso aqui), faz quatro meses que estou com acompanhamento nutricional, fazendo academia, pilates, hidroginástica e tentando mudar meu estilo de vida. Quatro meses parece pouco, mas já vivi tanta coisa  que resolvi compartilhar com vocês 5 coisas que aprendi com a reeducação alimentar.  
São coisas simples que fazem a diferença. ;)

Vem comigo!

É possível viver sem glúten

Quando a nutricionista retirou o glúten eu pensei que não ia conseguir viver sem. Mas olha, dá pra viver e muito bem tá? Existem várias opções no mercado sem glúten e também dá pra fazer opções sem. Alimentos como tapioca, cuscuz, quinoa, arroz (integral)  não possuem a substância e são super saborosos. No caso da tapioca e do cuscuz, eles possuem um alto índice glicêmico, então eu coloco chia neles, para diminuir. ;) A chia não altera o sabor do alimento e dá mais saciedade, o que é ótimo!
Mas e o pão? Tem pão sem glúten no mercado. ;)

Ler os rótulos dos alimentos

Ler os rótulos já virou rotina pra mim. Antes de comprar qualquer coisa eu dou uma lidinha pra ver os ingredientes que tem naquele produto, calorias por porção, açúcar e também o sódio.
Na composição dos alimentos, o que vier primeiro na lista, é o que tem mais no produto, fique sempre atento a isso.
E uma dica: farinha enriquecida com ácido fólico é nada mais que: farinha branca. Vários pães ditos integrais tem farinha branca na composição, muitos tem mais farinha branca que integrais, fuja desses!

Comer nas horas certas

Eu sempre comi muito à noite, era uma fome descontrolada e depois de começar a comer nas horas certas, a cada três horas, passei a comer menos comida, especialmente no jantar.
Faço de cinco a seis refeições por dia e no início é um pouco difícil de se adaptar, mas depois que vira automático, o corpo pede a comida naquela hora certinha. É bom porque comendo a cada três horas o metabolismo está sempre trabalhando para queimar gordura. Se você passa muito tempo sem comer, ele entende que você está numa situação de perigo e estoca energia, assim você não perde peso, mas sim engorda.

Patrulha da comida atrapalha mais que ajuda

Sabe aquela galera que fica policiando tudo que o outro come? Odeio esse povo.
Você diz que não come glúten, mas come cuscuz, aí eles dizem que é transgênico.
Você corta a lactose e falam que você está sendo radical.
Você diz que não come farinha branca e acham que você é louca.
Você come carne e falam que você tá comendo bicho.
Você está numa festa e não pode comer nenhum dos alimentos e falam: “mas nossa você só come folha?”
Essas situações, já passei por todas e todas foram extremamente desagradáveis. Fazer reeducação não é fácil e fica mais difícil com pessoas falando a todo tempo e a toda hora sobre a sua alimentação.
Eu não chego pra minhas amigas que tomam refrigerante falando que elas deveriam parar ou que nossa você sabia quanto açúcar tem ai? Se elas tomam, podem continuar tomando, eu não vou catequizar ninguém. Todo mundo é adulto e sabe as escolhas que faz. Eu tenho as minhas, você tem as suas, respeite as minhas porque as suas eu respeito.
Obrigada, de nada.
Eu posso estar sendo grossa, mas quem não passa por isso não tem ideia de como é desgastante ter pessoas 24h por dia falando do que você come. Gente, deixa o outro sabe?

Sair da linha de vez em quando faz bem pra cabeça

Ou, buscar o equilíbrio é melhor que fazer dietas radicais.
Muita gente acha que eu sou a pessoa que não sai da linha na dieta nunca, mas eu faço escolhas e tive que aprender a lidar com elas.
Essa semana mesmo comi bolo de aniversário. Queria comer, estava tendo dias estressantes, comi uma fatia pequena, tomei suco e no outro dia acordei cedo pra ir malhar e fazer pilates.
Não significa que toda semana ou todo dia vou comer uma fatia de bolo, mas sim uma vez ou outra não mata ninguém e produz serotonina que te deixa feliz e satisfeito.
Minha dica é: busquem uma alimentação equilibrada. :)
Exagerar dos dois lados não faz bem pra ninguém!

E se tá valendo a pena tudo isso?
Podem tirar suas conclusões:

E pra quem quiser, eu falo mais de dieta no instagram e no blog do desafio que estou participando. ;)

You Might Also Like...

4 Comments

  • Reply
    Dani
    27 de novembro de 2015 at 10:08 am

    Caramba, você mudou demais! Que bacana! Parabéns pela força de vontade e pelo empenho! Você está fazendo váaaaaarias coisas e isso é admirável! Parabéns mesmo, do fundo do coração! Espero que você alcance todos os seus objetivos!

    Um beijo,
    Dani!

    • Reply
      Nary
      29 de novembro de 2015 at 1:33 pm

      Oi Dani,

      obrigada mesmo mesmo pela mensagem <3 É muito bom receber mensagens positivas como essa. :)
      Beijos!!!!

  • Reply
    Lívia
    2 de dezembro de 2015 at 11:28 am

    Eu sofro com a patrulha da comida porque não como carne. Aí vem fulano dizer que vou morrer de inanição e ficar anêmica. Não ajuda at all. Só atrapalha, como você disse.
    Um beijo, Nary! Continue que vc me inspira :)

    • Reply
      Nary
      3 de dezembro de 2015 at 11:23 am

      Oi Lívia,
      fico super feliz quando leio que inspiro alguém! <3
      Me dá muita força de vontade pra continuar

      bjsss

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.